Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Jorge Barnabé nega privilégios e admite recurso aos tribunais para repor a verdade

barnabé.jpgJorge Barnabé frisou que a notícia publicada na revista “Sábado”, que coloca sob suspeita os negócios de duas empresas da região que têm em comum o seu nome, é uma “grande mentira” e surge por “encomenda” de alguém que pretende atacar os seus investimentos.

Jorge Barnabé garantiu que nunca pediu a nenhum autarca ou dirigente partidário qualquer favor, negou quaisquer privilégios e assegura que a empresa não presta serviços só para as Câmaras do PS do Baixo Alentejo. Ao todo tem 70 clientes nacionais e internacionais.

Jorge Barnabé olha para este caso como um “atentado gravíssimo à seriedade e à integridade das pessoas”, afirmando que: “Eu não aceito que me tratem como um corrupto, como um vigarista como um mafioso porque isso não corresponde à verdade”, admitindo recorrer aos Tribunais para repor a verdade.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Foram buscar o antigo imperador JR .....dizem que ...

  • Anónimo

    O Imperador está suficientemente saudável para c...

  • Anónimo

    As odalascas vêm com o calor...

  • Anónimo

    Alguém sabe em que dia desfila o imperador, as oda...

  • Munhoz Frade

    Um desabafo como este do Vitor Paixão é um momento...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds