Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
20
Jun 18

JooDias.jpg

João Dias, deputado do PCP, eleito por Beja, esteve esta semana de visita ao concelho de Alvito, de onde recolheu preocupações relacionadas com as questões da saúde e das ligações rodoviárias a este concelho, especialmente algumas estradas nacionais que asseguram a ligação ao concelho também estão nas preocupações do parlamentar.

João Dias visitou ainda a fábrica de bagaço de azeitona de Alvito e ficou satisfeito com o facto, de ter encontrado uma realidade bem diferente da de Fortes.

publicado por Zé LG às 12:51
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as preocupações na área da saúde que trouxe da visita a Alvito. sic…

Já agora alguém que as saiba, poderia ao menos dizer
quais são essas preocupações?

Até porque se trata de alguém que antes de ser deputado tinha funções executivas nessa matéria e relativas aos centros de saúde como é o caso de Alvito.

Não tem é graça nenhuma, falar de um assunto dizendo que há problemas sem especificar ou dizer o que quer que seja sobre os ditos cujos.


Anónimo a 21 de Junho de 2018 às 20:15
Mais valia substituírem este deputado pelo professor Picado, ao menos a malta lá na assembleia ainda se ria um bocado.
A melhor do professor Picado foi esta ultima sobre o encerramento de estabelecimentos comerciais em Beja e principalmente no centro histórico.
Vai dai, do alto da sua cátedra, vulgo facebook, professor Picado dá como exemplo o Henribar para sustentar a sua tese sobre os ditos encerramentos, coisa só agora vista.
Azar dos azares, afinal o caso do Henribar foi o de uma deslocalização por diversos motivos. LOL

Anónimo a 21 de Junho de 2018 às 22:07
Então. Ninguém aqui quer debater os graves problemas da saúde no concelho de Alvito?
Anónimo a 23 de Junho de 2018 às 08:20
O principal problema de saúde e não só que deve grassar por Alvito, deve ser a falta de assunto. O que deixa a classe politica local de mãos a abanar sem nada que dizer.
Logo, a saúde está mesmo ali à mão de semear, e pode-se sempre dizer tudo o que se quiser, pois a responsabilidade é do Poder Central.
Lastima-se é que o deputado/enfermeiro João Dias tenha colaborado.
Terá sido imposição do partido, contra a qual ele nada poderia fazer?
Anónimo a 23 de Junho de 2018 às 14:54
Junho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Na saude esta quase tudo inaceitável. O objectivo ...
(O que é certo é que é sempre ele a atirar a pedra...
A dotação orçamental para o SNS é inaceitavelmente...
Parabéns, Paulo Barriga.
E para o Cante e a boa comida!
Vamos todos para Évora! Património Universal... De...
Ampliar o quê e para quê se o Alentejo alegadament...
Depende da sorte: se calhar num dos dois dias da s...
E se for um ataque cardíaco ou outra pataleca grav...
Ah, isso já não é preciso. É só ver os programas d...
Dará?
A Presidente da ULSBA vai dar conta publica disso ...
Então que paguem a saúde porque os privados agrad...
Sim, porque a pretensa falta de poder de compra ne...
Vão à CUF,aos Lusíadas, às clinicas das especialid...
blogs SAPO