Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
15
Fev 18

Fazer urgências noturnas depois dos 60 anos quando a lei permite que deixem de ser feitas aos 50 é prática frequente em diretores de serviço na ULSBA, isso é "continuar sentados nos gabinetes"? Injustiças não, por favor.

Ana Matos Pires a 15 de Fevereiro de 2018 às 10:16, AQUI.

publicado por Zé LG às 13:55
Comentário que nada tem a ver com o que era criticado. A referência subtil, para bom entendedor, era para os que assinam um manifesto e depois eclipsam-se. Aliás, a maioria deles nunca foi ativa a reivindicar. Não está em causa competência e dedicação profissionais.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 14:43
Não foi isso que foi escrito. As tentativas de ironia, sobretudo quando são fracotas, saem ao lado - foi o que aconteceu.
Ana Matos Pires a 15 de Fevereiro de 2018 às 18:00
Aliás, ninguém se eclipsou, bem pelo contrário, até há quem, sem ter assinado o Manifesto, esteja preocupado e tenha participado já numa reunião posterior à saída do dito.
Nada de novo...
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 18:15
Dra., os seus companheiros de agora sempre acharam que tudo se resolvia em gabinetes, que tornar públicos os problemas era alarmar a população, lesar a imagem da empresa, etc.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 18:18
Isso já não sei. Em todo caso mesmo que isso que diz seja a realidade a verdade é que, pelos vistos, mudaram - e bem - de opinião. Os "bota-abaixismos" quando alguma acontece, mesmo que pequena, não são a melhor maneira de ajudar a mudar o que necessita ser mudado.
Ana Matos Pires a 15 de Fevereiro de 2018 às 18:30
Sim, claro, nada comparável à sua enorme mobilização e ao seu inexcedível envolvimento, caro(a) anónimo(a). Aceite as nossas humildes desculpas.
Oportunidades não faltaram. Mas pouquíssimos marcaram presença.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 19:22
Estão agora a fazê-ló e isso é de saudar.
Quando a fartura é muita, o pobre desconfia.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 19:59
Não me apetece alimentar uma conversa derrotista, por isso vou calar-me. Não sem antes lhe dizer que a desconfiança, como princípio, não é geradora de mudança.
Sem dúvida! Por isso se perderam em Beja oportunidades audaciosas. Por preconceito e inveja.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 20:07
A Ana Matos Pires continua a sua altiva narrativa que indicia que julga que nada se fez em Beja antes da sua chegada.
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 20:11
Ou é parvo(a) ou faz-se, nenhuma das duas opções abona a seu favor.
Uma reação assaz suspeita...
Anónimo a 15 de Fevereiro de 2018 às 23:51
Continuamos, portanto, em modo paranóico tsc tsc tsc.
Ana Matos Pires a 16 de Fevereiro de 2018 às 00:13
Relaxe, que há de passar.
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 03:58
Não estou tensa e o que não é estado mas traço - neste caso de caráter - não passa, felizmente.
Ana Matos Pires a 16 de Fevereiro de 2018 às 08:33
Traço paranóico?
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 09:04
O que o pessoal quer saber não são os seus estados de alma, mas sim em que ponto está o movimento dos diretores, se já conseguiram alguma coisa palpável.
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 09:11
Disso, parece que não tem nada para dizer...
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 10:07
Brincalhões. Entre brincadeiras vão lendo notícias.
Ana Matos Pires a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:07
A propósito de notícias "Para além do Presidente da Republica e do primeiro-ministro, a missiva, a que a agência Lusa teve acesso, tem ainda como destinatários os ministros da Saúde, que já recebeu uma carta do género de um outro grupo de médicos" https://www.tsf.pt/sociedade/saude/interior/-medicos-recem-especialistas-escrevem-a-marcelo-e-costa-9127493.html?utm_source=dlvr.it&utm_medium=twitter
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 15:59
Os ministros da Saúde?
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 16:31
Abra o link, faxavôr, assim evita comentários ao lado.
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 16:34
Dois terços dos comentários da AMP são copy-&-paste de links...
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:00
Tenho uma incapacidade cognitiva grave, Anónimo das 16:34.

Nota: não se diz, pq é um pleonasmo, "copy-&-paste de links". Um "link" é, em si mesmo, um "copy-&-paste" de uma ligação a qualquer coisa que se quer citar e mostrar. De nada, mande sempre.
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:05
Só sumidades!Enfim, é o que temos!
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:08
esta do link&paste não é de sumidade, é chico espertice, saiu-lhe asneira eh eh eh
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 18:28
Seja. Dois terços de links.
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:32
eheheheheehheheeh

(não vou dizer nada a ninguém, fique descansado(a), mas aqui para nós que ninguém nos ouve (nem lê) acho - parece-me, suponho, imagino, vá - que quisesse ter escrito "dois terços de comentários").
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:38
Dois terços do conteúdo dos seus comentários são links.
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:48
clap, clap, clap... ufa, 'tava difícil "espremer-se"
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:49
Sugestão: use links em 100% dos seus comentários eheheheheheheheheheh
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:51
(mas mesmo só links, sem mais)
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:52
e não poderia ser "2/3 dos comentários"? Nan tava mal de todo pois não?
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 18:24
Claro que sim, Anónimo das 18:24, teria estado certíssimo. Claro que não teria estado mal.
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 18:33
o que tens não é incapacidade cognitiva, tens é uma granda pancada
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 18:22
Andámos "à escola" juntos, Anónimo das 18:22? Esclareça-me lá de onde nos conhecemos, pf. Obrigada.
Ana Matos Pires a 18 de Fevereiro de 2018 às 18:31
Cá venho eu deixar mais um link https://www.dn.pt/lusa/interior/areas-metropolitanas-apresentam-proposta-de-descentralizacao-a-27-de-marco-9076787.html

A ideia é abri-lo e pensar na realidade local - há propostas? quais são? foram discutidas com quem? apresentadas a quem? Siga.
Ana Matos Pires a 20 de Fevereiro de 2018 às 12:52
Obrigado, linkadora-mor!
Anónimo a 20 de Fevereiro de 2018 às 18:32
Por quem sois, mande sempre.
Ana Matos Pires a 20 de Fevereiro de 2018 às 18:37
"A AMP ficou encarregada de estudar dossiês como a Lei das Finanças locais e a classificação do Património..."

e porque é que é o Batman de beja a fazer isto?
Anónimo a 20 de Fevereiro de 2018 às 22:38
Ah ah ah! Associação dos Municípios Portugueses.
Anónimo a 20 de Fevereiro de 2018 às 23:37
Nope, Área Metropolitana do Porto.
Ana Matos Pires a 20 de Fevereiro de 2018 às 23:46
ena, ena, mudei de petit nom
Ana Matos Pires a 20 de Fevereiro de 2018 às 23:45
Que lhe assenta bem, na figura esquálida.
Anónimo a 21 de Fevereiro de 2018 às 00:08
De facto parece que temos vários ministros da saúde.Nao chegava já este, muito pior que o anterior, que ainda não fez nada do que foi prometido e já devia ter saído há muito tempo.Fora com ele!
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 16:52
Aberto o dito link, lá estão os ministros.
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:09
Devem querer dizer dois ministros:o da saúde e das finanças.Mas nada acrescenta o dito artigo.
Anónimo a 18 de Fevereiro de 2018 às 17:11
E mais uma vez a propósito de notícias, agora na RVP http://www.vozdaplanicie.pt/noticias/e-preciso-dar-prioridade-aos-hospitais-perifericos
Ana Matos Pires a 26 de Fevereiro de 2018 às 00:26
Lá teremos que ir ouvir as propostas inovadoras da ordem dos médicos e dos decisores políticos.
Anónimo a 26 de Fevereiro de 2018 às 10:25
PS: percebe-se porque são tão eficazes os comportamentos populistas, de facto.
Ana Matos Pires a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:07
Depois de lançarem publicamente um manifesto, agora fecham-se em copas.
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:09
eheheheheheh
Ana Matos Pires a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:23
Pois, é de rir!
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:27
É politica .. da saúde .. do hospital de Beja, "estúpido".
Anónimo a 17 de Fevereiro de 2018 às 11:32
Se não se uniram para preservar o que havia, como acreditar que se unem para obter ganhos?
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:32
Ficaram indiferentes à redução do Hospital. Quanto mais pequeno for, mais difícil é reivindicar recursos.
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 15:51
Populistas são os que criam expectativas ilusórias ao povo.
Anónimo a 16 de Fevereiro de 2018 às 13:28
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O SMP foi iniciativa de um governo provisório, em ...
É fundamental um maior empenhamento das autarquias...
Para quando a inauguração da sua casa-museu?Alguém...
O principal problema de saúde e não só que deve gr...
És muito valente,mas se calhar só a coberto do ano...
Então. Ninguém aqui quer debater os graves problem...
Quanto ao relevante disse... nada.Então vamos lá:1...
Incompetência,incompetência...nada fazer nem nada ...
Para o inefável Adalberto, está tudo no melhor dos...
E quem é agora o administrador da Resialentejo? E ...
É uma tendência que se agravará ainda mais, pois o...
Será bom perguntar ao sr Arquiteto José Falcão e s...
Mais valia substituírem este deputado pelo profess...
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as...
Já não seria sem tempo. Ufffffff
blogs SAPO