Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

“há anos que tento que a EMAS resolva o problema mas é pregar no deserto”

Zé LG, 26.08.22

51902550_2353321111346788_1222159826277105664_n.jp«Não é novidade, infelizmente, há anos que tento que a EMAS resolva o problema mas é pregar no deserto. As diminuições de pressão, os cortes, as reparações, acontecem nas horas de ponta. Noutros concelhos- como Oeiras - as intervenções são feitas em horas mortas, com exceção das intervenções de emergência.

Outro ponto negro é o desleixo de quem repara, relativamente à lama, terra e resíduos que entram na rede e entopem esquentadores e todos os filtros que temos nas nossas casas, incluindo torneiras de poupança.

Finalmente, há quatro anos que alerto para as perdas de água do sistema de rega junto ao parque onde vai ser construído o tribunal. Disseram-me que era com a câmara. Bom, continuam metros cúbicos a derramar para o esgoto.» António Nascimento, aqui.

16 comentários

Comentar alvitre