Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

EXPLIQUEM-ME LÁ PARA VER SE PERCEBO...

ovi.2016-04-22 011.jpgAntónio Costa, primeiro-ministro do governo que conta com apoio parlamentar do PCP, veio à 33ª OVIBEJA e não teve (que eu visse) um único presidente de Câmara da CDU a recebê-lo. Nem sequer o de Beja, o que, se não foi a primeira vez, foi uma das raras em que tal aconteceu...

Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República eleito com o apoio do PSD e do CDS, veio à mesma feira e foi recebido por presidentes de Câmaras da CDU,

alguns dos quais até publicaram, ovi.2016-04-23 035.jpg

no FB, fotografias em pose com ele.

 

Estes comportamentos devem ter explicação política. Gostava que me explicassem qual é, porque não consigo alcançá-la. Com quem é que podia interessar mais contactar, para tentar desbloquear qualquer problema da região ou do concelho? Com quem tem poder executivo ou com quem tem poder simbólico, de influência e pouco mais?

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 24.04.2016 13:13

    Tem lógica.
    Mas na mesma medida António Costa também é o Primeiro-Ministro de todos os portugueses.
    Mesmo daqueles que não votaram nele.
    E em bom rigor os autarcas precisam muito mais do 1.º Ministro do que do Presidente da República...
  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 24.04.2016 22:13

    Não, não tem lógica e nada a ver um com o outro.
    António Costa é o 1º ministro de um governo do PS com apoio na Assembleia da Republica do PCP/CDU e do BE. E onde existe uma oposição do PSD e do CDS.
    M. R .S. é Presidente da República, e que se saiba não há oposição alguma institucionalizada.
    E é ao Presidente da República, como o símbolo máximo da nação, seja de que partido ou área politica for, que se diz após a sua eleição ser presidente de todos portugueses.
    E nunca alguma vez ouvi ou li excepto agora que o 1º ministro era o 1º ministro de todos os portugueses, mas sim o 1º ministro de Portugal.
    Convém sermos precisos nas palavras.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

    Comentários recentes

    • Anónimo

      Há espaço para todos com certeza! Que o digam as c...

    • Anónimo

      Tenho todo o gosto em lhe responder de modo claro!...

    • Anónimo

      Muito bem! Exemplo de como uma ideia simples pode ...

    • Anónimo

      Devemos viver num planeta diferente, porque neste ...

    • Anónimo

      Alguém que nem sequer tem coragem para se mostrar ...

    Mais sobre mim

    foto do autor

    Sigam-me

    Subscrever por e-mail

    A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

    subscrever feeds