Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Enfermeiros denunciam “graves problemas” no Hospital de Beja

Zé LG Zé LG, 22.05.19

Hospital-de-Beja-1-768x512.jpgOs enfermeiros da Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente (UCIP) da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) enviaram ao Conselho de Administração uma exposição onde identificam “graves problemas” na prestação de cuidados aos doentes internados na UCIP. 

Edgar Santos, coordenador do SEP – Sindicado dos Enfermeiros Portugueses no Alentejo, avança que, para além deste serviço há outros onde a carência de enfermeiros se reflete no cansaço, excessivo, destes profissionais e na qualidade dos serviços prestados aos utentes, deixando exemplos, acrescentando que a ULSBA precisaria de contratar mais 40 a 50 enfermeiros para fazerem face às necessidades dos serviços.

O Conselho de Administração da ULSBA revelou que “está em curso a contratação por substituição de profissionais de enfermagem para a Unidade o que irá colmatar as faltas existentes, neste momento”, frisando que “com total confiança no trabalho e empenho dos profissionais da Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, ... confirma a qualidade e a segurança dos cuidados prestados aos doentes internados, e o apoio às suas famílias, em todos os momentos e a todas as horas.”

Leia e oiça também aqui.