Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

"É fundamental denunciar os abusos, pois sabemos que a justiça não o faz e não existe nenhum outro mecanismo de regulação"

Zé LG, 09.05.21

«Não acho que só eu é que presto e que todos os outros são ruins, mas já vim aqui inúmeras vezes criticar os detentores do poder local. Faço-o não pelas suas características pessoais mas por achar que a sua atuação, determinada certamente por condicionamentos impostos pelo partido (ps) a que não conseguem escapar e, em grande parte por um doentio apego ao poder, não serve os interesses da região e causa desequilíbrios gravíssimos na gestão dos recursos e, na perspectiva interna, na gestão das pessoas.

Isto não é uma questão de opinião, é algo que toda a gente fora do circuitos dos "amigos" sente bem na pele. Não existindo uma cultura de debate aberto e sendo a discriminação das vozes criticas uma realidade, é só de forma anónima que eu e outros nos conseguimos manifestar.

Isto não é fulanização nem má língua. Claro que nas autarquias cdu também houve e há abusos, mas nunca vi esta região tão enlameada no nepotismo e tão prostada aos pés de um poder central completamente insensível às necessidades do Alentejo, como vejo agora. E olhem que eu acompanho o poder local desde a sua instituição nos moldes actuais depois da revolução.

Isto é aquilo que deve ser: a opinião pública. É um grito pela mudança. Pelo fim dos vícios e dos favorecimentos indevidos, pela transparência na gestão das organizações públicas, pelo desenvolvimento do Alentejo, sem deixar o caminho todo aberto aos populistas.

É absolutamente fundamental que se venham aqui denunciar os abusos, pois sabemos que a justiça não o faz e não existe nenhum outro mecanismo de regulação.

Espero que a informação sobre todos os novos tachinhos e negociatas, despesas inúteis nos Municípios, sobre os compadrios e as conivências vergonhosas com as decisões penalizadoras do governo, continuem a circular na praça pública, para que cada vez menos pessoas vão votar às cegas.»

Anónimo 07.05.2021, aqui.

1 comentário

Comentar alvitre