Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Direitas derrotadas em Espanha

Zé LG Zé LG, 29.04.19

PSOE.jpgCom 99,63% dos votos já contados, o PSOE consegue 28,7%, o que lhe dará 123 deputados. Já o Podemos de Pablo Iglesias atinge 14,3% dos votos e 42 deputados.

O PP de Pablo Casado é o grande derrotado da noite. Perde representação parlamentar, tendo conseguido apenas 16,7% dos votos, ou seja, 66 lugares no Parlamento. Em 2016 tinha tido 137 mandatos, ou seja, perde mais de metade dos lugares.

O Cidadãos de Alberto Rivera teve um bom resultado (15,8% dos votos e 57 deputados), e os ultranacionalistas do Vox garantem a entrada no Parlamento espanhol nacional com 10,3% dos votos, o que lhe dá 24 lugares. Mesmo assim, aquém daquilo que previam as sondagens.

A taxa de participação nestas eleições foi de 75,75%.

Com estes resultados e projeções, Pedro Sanchez do PSOE precisa, segundo as contas do El Mundo, de pelo menos uma parte dos independentistas para formar governo. Uma das opções poderá passar por juntarem-se ao Podemos, ao PNV, e ao ERC.

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 29.04.2019

    Uma extrapolação para o Baixo Alentejo tão pouco fundamentada quanto improvável.
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.