Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
11
Jul 18

Assumir, por inteiro, as nossas responsabilidades

Assumir as nossas responsabilidades por inteiro quer dizer que devemos ter uma postura mais construtiva e de maior humildade, em que privilegiamos o que nos une ao que nos separa e as parcerias à auto-suficiência.

É importante e urgente que os diversos agentes e actores, que intervêm neste território, tenham presente que a desertificação física e o despovoamento estão a atingir níveis cada vez mais preocupantes e de difícil contenção e regressão.

É urgente estancar esta hemorragia! Se hoje já temos dificuldades em fazê-lo amanhã teremos mais, porque seremos menos ainda para travar essa batalha, se não assumirmos por inteiro as responsabilidades que são só nossas.

Esta assunção de responsabilidades passa por alterações de postura e comportamento dos agentes e actores e de paradigma das relações entre eles.

É este o maior desafio que se coloca a todos os agentes e actores alentejanos. Esperamos que estejam à altura de o enfrentar e vencer. O Alentejo e os alentejanos precisam disso.

Assim terminei uma crónica lida na rádio Terra Mãe, em 05.07.07 e publicada na íntegra AQUI há dez anos.

publicado por Zé LG às 23:51
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Obrigada, João. Não serás esquecido, nem tu nem, s...
pois...pois, senão fosse o careca !
Confirma-se que a CIMBAL não inclui a Saúde no con...
“É com mágoa que recebemos a notícia do João Semed...
Em sintonia com as palavras do ZLG, também aqui de...
Beja.
De que Hospital?
E seriam também técnicos administrativos mas o pro...
A qualidade do Serviço Nacional de Saúde acima de ...
As criticas são sempre necessárias, venham de onde...
????????????
Apressadinho.
A avaliação de praticamente um ano de mandato de P...
Para isso, até os subversivos vinham ao “casting”!
blogs SAPO