Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Deixaram o “bicho” à solta e não estão a fazer tudo para o controlar

Zé LG, 21.01.21

ms.jpgOuvi um bocado da entrevista da ministra da Saúde à RTP3 e acho que foi constrangedor confirmar-se que o governo não foi capaz de prever o que “aí vinha”, subestimou o gradual e rápido agravamento da situação e exagerou na valorização da “luz ao fundo do túnel”. E, pior ainda, está a demorar a “fazer o que tem de ser feito”.

O primeiro-ministro afirmou agora que o Governo vai analisar, esta Quinta-Feira, as informações sobre a "alarmante progressão" da epidemia em Portugal, designadamente o crescimento da variante britânica do novo coronavírus, e "decidirá em conformidade" para "salvar vidas".

Esperemos que não volte a fazer o que fez no início da semana, anunciando o fecho de mais alguns “postigos” e actividades desportivas, mantendo actividades não essenciais em funcionamento, as escolas abertas e os transportes públicos em funcionamento total. Se tal acontecer, bem podemos esperar o pior…

O governo parece andar em contra-mão com a realidade. No princípio, fechou as escolas contra a opinião dos especialistas. Agora, insiste em mantê-las fechadas novamente contra a vontade dos especialistas. Encerrar as escolas é uma das últimas coisas que deve ser feita. Mas, neste momento, é preciso fazer tudo para tentar travar o avanço da pandemia e salvar vidas. Da COVID-19 e de outras doenças.

2 comentários

  • Imagem de perfil

    Zé LG 21.01.2021

    Foi uma figura de estilo. Ao que parece, infeliz... O que pretendi dizer com essa expressão é que perderam o controlo das cadeias de transmissão do vírus e que, com medidas avulso e ao sabor das pressões e sem um confinamento o mais geral possível será muito difícil recuperar o controlo da situação.
  • Comentar:

    Mais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.