Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Debate equilibrado entre António Costa e Catarina Martins, com mais ganhos para o BE

Zé LG, 11.01.22

debate.pngAntónio Costa, secretário-geral do PS, e Catarina Martins, líder do Bloco de Esquerda, estiveram esta noite em debate para as Legislativas na RTP. Reveja aqui o debate na íntegra.

Se tivermos em conta o que cada um pretendia ganhar com este debate – ganhar votos ao outro -, julgo que Catarina Martins terá sido mais eficaz. Ou seja, não me parece que António Costa tenha conseguido ganhar votos à sua esquerda e designadamente ao BE e, por isso, tentou ganhá-los à sua direita com o que apelidou de bravata ideológica do BE pretender nacionalizar a ANA, a EDP e os CTT e o perigo de por em causa a sustentabilidade da Segurança Social. Catarina Martins poderá ter ganho votos ao PS, ao devolver a António Costa a acusação de ser “mel e fel”, acusando-o de não aplicar medidas aprovadas, dando como exemplo o caso dos cuidadores, recordando-lhe que não anulou as medidas da “troica” penalizadoras dos trabalhadores, ao contrário do que defendeu, e evidenciando a forma como são penalizados alguns trabalhadores ao reformarem-se, por não lhe serem assegurados os mesmos direitos que outros tiveram. Ou seja, António Costa poderá ter ganho alguns votos à sua direita nas dificilmente terá ganho votos à esquerda, incluindo alguma do próprio PS e Catarina Martins terá conseguido fixar os eleitores do BE e ganho alguns ao PS.

2 comentários

Comentar alvitre