Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CONTINUAM A “METER ÁGUA” NO PENEDO GORDO

Zé LG, 27.08.15

Depois de ter publicado, em 21 de Julho, um alvitre sobre uma rotura na conduta de água que se mantinha havia mais de três semanas, a Águas Públicas do Alentejo fez uma intervenção, no dia seguinte (22), tendo deixado “as coisas” no estado em que ainda se mantêm (foto de ontem) e com a água ainda a correr…

DSC_0003.jpg

Anteontem, a água faltou na Aldeia toda a tarde. Telefonei para a EMAS, por volta das 20h30, tendo sido informado de que o abastecimento seria retomado pouco depois, o que se verificou, e que a interrupção teria ocorrido na sequência de uma operação com as obras de Alqueva.
Permitam-me que pergunte a quem de direito, para que responda, se quiser:
1 – Manter água a correr de uma conduta, depois de uma intervenção pelo meio, durante dois meses não será exagerado?
2 – Manter a situação no estado que a fotografia mostra, criando dificuldades de circulação num entroncamento com uma estrada nacional, em frente de um snack com esplanada, não será próprio de uma região do terceiro-mundo?
3 – Se ia haver uma intervenção programada que suspendia o fornecimento de água à população, não deveria esta ter sido informada do que ia acontecer?
A água fornecida pela Câmara de Beja é uma das mais caras do país, incluindo todos os custos que lhe são associados, alguns de forma duvidosa. A Câmara de Beja presta um serviço público, vendendo água. Tem obrigações perante os munícipes. A começar pelo dever mais geral de INFORMAR e a acabar no de prestar um serviço e de vender um produto de QUALIDADE. Ainda por cima tendo em conta os preços que cobra.

2 comentários

Comentar alvitre