Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
19
Jan 18

gfder.jpg

Foi um auditório lotado que recebeu ontem a apresentação pública da Lauak Grândola, a empresa da indústria aeronáutica francesa que previu inicialmente instalar-se em Évora mas que acabou por escapar para Grândola. Com um investimento previsto superior a 32 milhões de euros, a fábrica que vai produzir materiais compósitos e portas de bagageira de carga para a Airbus, arranca com a construção da fábrica durante o próximo mês e prevê estar a produzir em 2019.

Para esse ano estão previstos 100 trabalhadores, mas em 2023, segundo Armando Gomes, o responsável da empresa, a Lauak já terá contratados 325 trabalhadores.

A sessão pública de apresentação do projeto serviu também para a recolha de candidaturas a trabalho na empresa, num processo de recrutamento que vai decorrer durante o ano de 2018.

publicado por Zé LG às 00:09
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sr. Presidente Paulo Arsenio o que se passa com os...
Tenho uma dúvida, será que com a praia cheia de pe...
Toino João!...
Belíssimo cartaz!
Pseudo anónimo das 14.00, não tenho procuração do ...
Quem ainda mantém este esquema de análise - a ilus...
O Dr. Munhoz Frade não tem a receber lições de mor...
Quem se atreve a mandar postas de pescada a quem s...
A propósito de opção de classe: qual foi a opção q...
Anónimo das 14:00h: quem não assume a identidade p...
Estou a ver-te de mãozinha estendida a tentar toca...
E mal gerido por aprendiz de feiticeiro..A casa nã...
Em Beja...
À falta de assunto, sai lá uma praia.
O SNS está FALIDO!!!
blogs SAPO