Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

«Como se pode assumir que "não passa nada"»?

Zé LG, 11.08.20

69936687_2589021291121294_5218388949721939968_n.jp«Sou militante activo do PCP. Estou profundamente pasmado com as posições defendidas pelo Partido. Sabemos todos em Portugal que esta festa para além de uma grande iniciativa nacional reveladora da organização colectiva do Partido, trata se de um evento único multicultural, que é exemplo europeu e com uma forte componente internacional da afirmação do PCP.

Mas sempre vi no partido, uma consciência, uma ponderação na decisão, por vezes tardia por dever ser colectiva, que sempre revelou assertividade, responsabilidade mas também revolucionária e diferente porque defendemos princípios fundamentais indiscutíveis.

Fico pasmado com a irresponsabilidade deste desafio com a DGS. Não estamos a falar da pide/DGS estamos em 2020 a falar da Direcção Geral de Saúde. Não entendo se o partido está a desafiar a estrutura de saúde pública nacional ou o próprio SNS.

 

Não aceito pensamentos únicos, não entendo esta postura, que considero profundamente irresponsável.

Estamos ao lado de todos os trabalhadores que por força desta pandemia, perderam empregos, têm um futuro incerto, por vezes em situações dramáticas na gestão da vida do dia a dia.

Como se pode assumir que "não passa nada".

Grande erro estratégico, "birra" política incompreensível, braço de ferro não sei para quê.

Acho que se o Partido este ano não tivesse este encaixe financeiro, não tinha grande impacto.

Mas certamente iremos pagar esta factura nas urnas. Os militantes vão lá estar, por convicção! Certamente os simpatizantes, Não!

Seria tão difícil assumir o cancelamento da festa este ano?

Alguém pensaria que iria acabar?

Certamente que não porque está gravado a fogo na alma de todos os Camaradas Comunistas. A festa do Avante irá sempre acontecer, mas este ano, não concordo.»

CgP , Anónimo 10.08.2020, aqui.

 

2 comentários

Comentar alvitre