Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
11
Jul 18

031020171103-984-SalodoCavalo05.jpg

Os eleitos da CDU na autarquia bejense lamentam o facto, do atual Executivo municipal não dar continuidade à Rural Beja. Justificam a sua posição com, entre outros argumentos, o retorno económico do evento, revelando que o mesmo, em 2017, foi de 1 milhão e 400 mil euros.

 

Sem questionar a crítica à não continuidade da RURALBEJA, gostava que os eleitos da CDU esclarecessem como chegaram à conclusão que a edição do ano passado trouxe ao Concelho de Beja um retorno económico directo de 1 milhão e 400 mil euros. Quanto custou é fácil calcular por baixo, bastando somar as despesas directas tornadas públicas. Há ainda as indirectas... Mas este retorno económico directo não sei como foi calculado e gostava de saber. Como penso que todos gostavam...

publicado por Zé LG às 08:36
E ainda para quem foi tal retorno...
Anónimo a 11 de Julho de 2018 às 11:15
Suponho que tenha sido efectuado um estudo custo beneficio e apresentado na assembleia para decisão.
Se não foi onde podemos observar o referido estudo?Ou não foi feito?
Anónimo a 11 de Julho de 2018 às 15:04
Os investidores ajuizados fazem uma prospeção de mercado previamente. Os negociantes espertalhões convencem os autarcas de que os seus desejos se realizarão "de certeza": consumidores às pazadas...
Anónimo a 11 de Julho de 2018 às 15:45
Os eleitos da CDU de Beja não deixam de surpreender, tal como a nível nacional resolveram derrubar barreiras e mitos antigos.
Sim, porque desde o 25 de Abril que havia uma clivagem entre o proprietário rural e os trabalhadores, fruto da reforma agrária.
Ora a mais valia da Rural Beja é celebração do cavalo e tudo o que ele representa, não deixa de ser uma excelente ideia que merece continuidade, talvez de um modo mais direccionado ás nossas tradições e realidade.
O que é de louvar é esta predisposição por parte do PCP de sarar feridas antigas e abrir os braços a um mundo de alguma exclusividade como é o mundo dos cavalos, pois convínhamos que não é para todos.
Pós-Marxista a 12 de Julho de 2018 às 01:41
Não percebi se o pós-marxista foi alguma vez marxista. Que não é percebe-se. Se o PCP ainda é, saúde-se. Com ou sem cavalos.
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 04:20
Ser marxista, tal como em todas as ideologias e religiões, não implica necessariamente que se seja fundamentalista e muito menos acrítico a tudo o que lhe diga respeito.
Pode-se se deve-se ser marxista de uma forma inteligente,
Em relação ao anterior executivo camarário e sobretudo ao seu então presidente. Homem de muita experiencia autárquica e conhecimentos sedimentados ao longo de uma vida dedicada e com evidente sucesso. Embora só por cá tenha passado quatro anos, sua obra será sem dúvida mais tarde ou mais cedo reconhecida.
Agora, nem tudo o que fez ao longo do seu mandato, deixa de ser alvo de criticas e quanto a mim justificadas.
Como foram os gastos exorbitantes e desnecessários em artistas de nomeada e outros despesismos bem evitáveis. Ao mesmo tempo que esse dinheiro faltava por exemplo no apoio ao associativismo local.
Portanto não tem nada a ver com o facto de se ter sido ou se ainda é marxista. Antes pelo contrário.
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 08:01
A contribuição marxista para a filosofia permanece atual. Uma crítica pertinente só pode basear-se numa analisa rigorosa.
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 08:45
Análise.
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 08:46
Seria interessante conversar aqui sobre o pensamento marxiano nos nossos dias, fora do habitual enquadramento partidário. A herança filosófica de Marx, que se mantém atuante, permeia toda a sociedade, extravasando as pretensões de exclusivismo dos partidos comunistas. Muitos socialistas desconhecem a génese histórica do movimento emancipador, e a necessidade de luta contra a alienação dos homens, na sociedade dita global é cada vez maior. Estamos a ser arrastados para a desumanidade pelos ditames do sistema económico.
Munhoz Frade a 12 de Julho de 2018 às 09:17
Quem sabe discutir matérias com profundidade mostra-o. É isso que o Dr. Frade evidencia neste último comentário e em muitos outros.Quem o conhece sabe muito bem isso.Aí reside a sua diferença.,concordemos ou não com as posições que manifesta e toma, quando entende necessária essa participaçãp.É vê-lo a discutir seriamente saúde e são muito poucos os que o acompanham..
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 11:45
“A principal razão porque o marxismo foi congelado nos partidos comunistas é que o seu desenvolvimento teria conduzido ao questionamento das opções que os países do “socialismo real” abraçaram (…) E teria conduzido à necessidade de aprofundamento da propriedade social, de afirmação de um efectivo modo de produção, apropriação e distribuição socialista, de fortalecimento da democracia e da cidadania.“ (RC)
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 12:17
Também uma boa parte dos comunistas desconhece as raízes filosóficas do que proclamam ser sua ideologia. O facto é que o stalinismo prejudicou seriamente o ideal, isto é, o projeto de uma sociedade sem explorados nem amos.
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 12:36
O alinhamento perverso das efígies de Engels, Marx, Lenin, Stalin e Mao matou a atractibilidade dessa utopia.
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 12:41
Realmente já se fugiu há muito ao cerne da questão.
Questiono aqui, a Dra Sónia Calvário onde foi buscar o RETORNO ECONÓMICO DIRECTO de 1 milhão e 400mil euros?? Onde é que isso se pode confirmar?? Os cerca de 500 mil euros gastos na RURALBEJA, esses sim podemos confirmar no base.gov. Questiono também se foi feito algum estudo de mercado sobre este evento??
E porque não PATRIMÓNIOS DO SUL? Talvez venha a ser um conceito mais abrangente e para todos.
Em relação aos "cavalinhos do Sr. Pimenta" talvez não venham este ano, quem sabe para o ano... como ele próprio sugeriu um "espectáculo redimensionado".
Deste retorno económico direto, realmente só os eleitos da CDU tiveram acesso, onde é que isso está escrito, pergunto eu?
Anónimo a 12 de Julho de 2018 às 15:30
Julho 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Obrigada, João. Não serás esquecido, nem tu nem, s...
pois...pois, senão fosse o careca !
Confirma-se que a CIMBAL não inclui a Saúde no con...
“É com mágoa que recebemos a notícia do João Semed...
Em sintonia com as palavras do ZLG, também aqui de...
Beja.
De que Hospital?
E seriam também técnicos administrativos mas o pro...
A qualidade do Serviço Nacional de Saúde acima de ...
As criticas são sempre necessárias, venham de onde...
????????????
Apressadinho.
A avaliação de praticamente um ano de mandato de P...
Para isso, até os subversivos vinham ao “casting”!
blogs SAPO