Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CIMBAL APROVOU PORA, APESAR DE DISCORDAR, PARA NÃO ATRASAR A SUA APLICAÇÃO

O Conselho Intermunicipal da CIMBAL considera que a estratégia desenhada para a região será afectada quer pela redução do valor quer pelos atrasos do “Portugal 2020”.
De acordo com a CIMBAL, o Pacto para o Desenvolvimento e Coesão Territorial do Baixo Alentejo (PDCT) pretendia dar um contributo para concretizar na região os objectivos de crescimento sustentável e inclusivo, preconizados pela Estratégia ‘Europa 2020’”. Contudo, segundo a mesma fonte, as aspirações ficarão muito aquém da vontade, na medida em que, de uma proposta de 36 milhões de euros apenas foi aprovado pelo Programa Operacional Regional do Alentejo 2020 o valor de 26,8 milhões de euros.
O Conselho Intermunicipal frisa que aprovou os montantes propostos para não atrasar a aplicação do quadro comunitário e assegura que “tudo fará para alterar as regras de um jogo que prejudica a actividade do Poder Local Democrático (…)”.
Ler e ouvir também AQUI.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Serviu-lhe a carapuça ne.....

  • Anónimo

    Já alguém te pediu dinheiro???

  • João Espinho

    Bem escrito, Lopes Guerreiro. Destaquei lá na minh...

  • Anónimo

    Há espaço para todos com certeza! Que o digam as c...

  • Anónimo

    Tenho todo o gosto em lhe responder de modo claro!...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.