Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

CASTRO VERDE FOI ONDE MAIS SE RECICLOU

080420151121-854-ecopontoscastroverde.jpg

Segundo os dados divulgados recentemente, pela empresa intermunicipal, a autarquia castrense aparece em primeiro lugar na “Liga Intermunicipal da Reciclagem”. Castro Verde recolheu 47,8 kg de resíduos por habitante, entre 1 de Janeiro e 31 de Dezembro de 2016.
O município de Castro Verde continua a pedir a colaboração da população porque para além de ajudar a reduzir a factura do valor de depósito de resíduos em aterro, está a contribuir para um concelho ambientalmente mais equilibrado, para a diminuição dos impactos ao nível do território e a preservação da biodiversidade.

António João Colaço, vereador da Câmara Municipal de Castro Verde, atribui os resultados à política de sensibilização ambiental seguida no concelho e ao empenho dos munícipes.

No ranking apresentado pela empresa de tratamento e valorização de resíduos seguem-se Ourique (37,7 quilogramas por habitante) Beja (35,2), Mértola (31,6), Serpa (31,4), Almodôvar (27,9), Moura (22,7) e Barrancos (20,5).

Comentários recentes

  • Anónimo

    Utensílios de cozinha é noutra secção.

  • Anónimo

    Picaste-te com o tacho ou com a panela?

  • Anónimo

    Uma boca, para denegrir o debate que este blogue p...

  • Anónimo

    Parece que estamos no blog "Por entre tachos e pan...

  • Anónimo

    Já está no final do caminho para o precipício.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.