Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
10
Fev 18

correio-alentejo-738x800.jpg

publicado por Zé LG às 10:30
tags: , ,
muito pobrezinha a entrevista.2/3 do espaco utilizado a falar do passado.E o futuro ? um deserto ideias.Pensara PA que tudo se resolve com a criacao de Gabinetes na autarquia ?
anonimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 14:20
Falar do passado para quê? Para explicar o futuro!
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 14:36
dai a 3 anos ainda vamos ouvir o PA a falar das auditorias e dos ROC , so que os eleitores estao a borrifar-se para essa conversa.
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 14:39
Certo, certo é que no dia 1 de outubro passado mostraram que estavam a borrifar-se para outras conversas!
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 15:44
Ao contrário que aqui se diz a primeira grande entrevista do Paulo Arsénio após as eleições foi ao Diário do Alentejo no dia 10 de novembro de 2017 e essa sim era uma grande entrevista e não esta encomenda falida!!!!!!
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 15:24
o órgão oficial do PS volta a atacar.
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 18:28
Não ganham nada com a verborreia, ou com a história já gasta do Rocha e do Rennie.
Se não cumprirem, irão ser substituídos por uma lista de independentes tal como sucedeu em Portalegre.
As pessoas aí já se cansaram dos partidos, das suas guerrinhas e da sua subserviência em relação aos ditames das suas nomenclaturas.
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 21:36
Ganda cassete...
Anónimo a 10 de Fevereiro de 2018 às 22:40
Não, não se trata de cassete nenhuma, e não vale a pena ir por aí. Isto porque até porque todos sabemos que o PCP ficou de tal forma derrotado, que poucas hipóteses terá de reagir daqui por 4 anos.
Agora cuidado, a supressa poderá vir de outro lado.
Isto evidentemente se se continuar com a mesma conversa da treta, do Rocha, do Rennie e agora a do "centro do sul" sem nada fazer por isso.
Ainda na semana passada vieram visitar-me a Beja uns familiares que moram no norte do país, e levei-os a dar uma pequena volta pela zona histórica. Ficaram estarrecidos com o que viram na Rua dos Infantes e na Rua do Touro, de modo que a voltinha ficou logo por ali. E perguntavam como foi possível deixar-se chegar uma zona tão nobre da cidade, àquele estado de degradação e incúria.
De modo que os desafios que P.A. e sus muchachos/as têm pela frente são enormes e complexos, e não vale a pena tal como no passado, enterrar a cabeça na areia e fazer festas para alegrar a populaça.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 11:46
É isso mesmo .Começa a ficar tudo dito.Queremos factos.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 14:30
Resolver em 3 meses o que outros estragaram ou deixaram estragar em tantos outros anos, e em especial, nos últimos 4?
Como se faz isso?
Talvez, também, com dinheiro!
E ele existe?
Como estão as finanças da câmara?
O que é prioritário?
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 15:56
O Paulo Arsenio é um autarca colado com cuspo à Internet que ainda não sabe qual foi a postagem do Facebook que o fez presidente quando ele próprio nem queria.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 14:39
A Câmara foi ganha pelo partido socialista.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 15:17
A Câmara foi perdida pela CDU.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 15:34
Há quem defenda que nunca se ganha!
Outros ganham sempre!
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 15:56
Parece que a maioria dos munícipes do concelho de Beja queriam e quiseram! E sem cuspo.
Com cuspo é um outro que desapareceu, tal como o portas dos submarinos! Perceberam o que acontece, um a nível local e o outro a nível nacional! Outros assobiam...
Mas, pronto ainda há quem insista tal e qual o farsola coelho faz com o governo nacional, ou seja, casos e casinhos sem darem conta que os tiros nos pés abundam!
De resto, sempre a mesma ladainha! Doeu, percebe-se! E quando assim é não há remédio!
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 16:03
Como se pode pensar em como construir um futuro melhor se só andam a falar do que já se passou e de quem se vai desforrar?
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 18:11
Proíba-se falar no passado! Bem gostariam...
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 19:08
Bruto!...
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 19:41
Então e não falaram dos mega festivais que o Jorge Barnabé tem para oferecer aos bejenses?
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 21:10
Se isso assim for será mais do mesmo.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 21:29
Uma entrevista poucochinha. Esperemos, sem grandes espereanças, que o desempenho seja melhor porque BEJA MERECE + que isto.
Anónimo a 11 de Fevereiro de 2018 às 22:22
Sim. BEJA MERECE +.
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2018 às 15:21
Sim?
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2018 às 16:27
Sem sombra de dúvida. BEJA MERECE +.
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2018 às 21:31
Se não tem mais, não fez por ter.
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2018 às 21:55
Bom ponto de partida para um grande debate!
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2018 às 22:07
Feio que não vamos assistir nem participar em tal debate.
Anónimo a 12 de Fevereiro de 2018 às 22:51
Muito bem vamos lá debater.
Bla, bla ,bla, mais do mesmo.
Bla, bla bla, e sus muchachos
Bla, bla bla, e Merece +
Deves pensar que andamos dormindo.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 00:59
Eis um exemplo brilhante da Contrainformação.
Não é por acaso que não há país algum que não lhe tenha um enorme departamento destinado, assim como tem sido neste capítulo que Donald Trump tem demonstrado ser deveras brilhante.
Agora vamos ao que interessa e à nossa realidade.
Passados que foram já estes meses todos, não seria já altura de P.A. e sus muchachos/as deixarem para trás as parvoíces do Rocha e do Rennie e falarem de coisas e acções concretas, em vez de outras afins como o "centro do sul" sem nada fazer para o efeito?
Vá lá...
Têm os órgãos de informação todos do distrito e um sem número de blogers bem ativos.
Pelo que comecem lá a dar noticias sobre os temas estruturantes da cidade e da região e a enumerarem os vossos projectos e acções.
Até porque, depois de tantas promessas e programas eleitorais, estamos todos à espera de ver o que verdadeiramente sai da cartola.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 11:14
Sempre a mesma passividade, à espera de que outros façam mágica...
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 11:18
Para já o maior coelho que saiu da cartola és tu, que vens para aqui armado em esperto, cresce e aparece, ou então dá a cara em vez de andares sempre a vir para aqui a diminuir os outros.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 11:25
Pelos vistos, não há mesmo nada a sair da cartola.
Talvez umas festas como no tempo do Rocha.
Anónimo a 13 de Fevereiro de 2018 às 14:31
Fevereiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Sr. Presidente Paulo Arsenio o que se passa com os...
Tenho uma dúvida, será que com a praia cheia de pe...
Toino João!...
Belíssimo cartaz!
Pseudo anónimo das 14.00, não tenho procuração do ...
Quem ainda mantém este esquema de análise - a ilus...
O Dr. Munhoz Frade não tem a receber lições de mor...
Quem se atreve a mandar postas de pescada a quem s...
A propósito de opção de classe: qual foi a opção q...
Anónimo das 14:00h: quem não assume a identidade p...
Estou a ver-te de mãozinha estendida a tentar toca...
E mal gerido por aprendiz de feiticeiro..A casa nã...
Em Beja...
À falta de assunto, sai lá uma praia.
O SNS está FALIDO!!!
blogs SAPO