Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
11
Mai 18

Foram mais de 500, os alentejanos que ontem, mostraram, em Lisboa, que é preciso olhar para esta região que não quer mais do que aquilo a que tem direito. A manifestação cultural, do Beja Merece+, terminou com um “balanço extraordinário” e a garantia de que as reivindicações dos alentejanos serão transformadas em projeto-lei e que este é um dos caminhos para garantir mais investimento público no território.

201805102237296114.JPG

Na Assembleia da República, três elementos do Beja Merece+ entregaram a um assessor principal do presidente Ferro Rodrigues, a petição, com mais de 26 mil assinaturas, onde é exigida a conclusão da A26 (Sines - Beja - Ficalho); a eletrificação da linha de caminho de Ferro Casa Branca - Beja - Funcheira; investimento no aeroporto de Beja e melhores serviços de saúde para o Baixo Alentejo.

publicado por Zé LG às 08:55
No fundo, o sonho dos bejenses é que lhes caia na bandeja algo que magicamente traga prosperidade à sua terra. Foram depositando esperanças em mitos que se sucederam, sem que nada acontecesse. Foi Alqueva, foi Aeroporto, agora é o mito do comboio e estrada, continuam esperando, sem sair da sua rotinazinha.
Anónimo a 11 de Maio de 2018 às 09:22
Está a ser injusto para quem se dá a estes trabalhos. Crítica construtiva, se faz favor!
Anónimo a 11 de Maio de 2018 às 10:18
Falar assim de Alqueva é de uma ignorância extrema sobre as transformações agrícolas que Alqueva já provocou.
Azeiteiro a 11 de Maio de 2018 às 12:11
Pois é, mas ficaram muito aquém das ilusões.
Anónimo a 11 de Maio de 2018 às 14:23
puxa 500 Alentejanos..., uma verdadeira Mole humana, eles vão já dar andamento aos anseios de todo esse povo!
Anónimo a 11 de Maio de 2018 às 22:49
Nunca, mas mesmo nunca, me vai deixar de espantar o "bota-abaixismo" que pulula por estas terras. É verdadeiramente impressionante e triste.
É verdade. Não fazem nem querem deixar fazer. Não dão valor a quem se mexe pois não são capazes de largar o comodismo.
Anónimo a 12 de Maio de 2018 às 10:22
Bota abaixismo ou realismo?! ...
Anónimo a 12 de Maio de 2018 às 23:15
Realismo é uma coisa, comentários deste tipo só derrubam e denigrem em nada contribuindo para que as coisas melhorem ou, tão pouco, que a cidadania desperte.
Mas mais do que isso, e a atitude de desprezo dos políticos locais e nacionais, é a incapacidade e a impotência de conseguirmos gerir o presente e o nosso futuro.
Veja-se o caso de toda esta pseudorregionalização que nos persegue sem apelo nem agravo, e contra a qual nada podemos fazer, mesmo derrotada que foi em plebiscito pelo povo português.
Anónimo a 12 de Maio de 2018 às 10:25
Está na hora de prepararmos um boicote às próximas eleições. Isso seria eficaz.
Anónimo a 12 de Maio de 2018 às 12:25
Sem duvida que sim. Mais do que o voto em branco, o ideal seria mesmo a abstenção.
Uma ideia a explorar e a debater ao nível da cidade e da região.
Anónimo a 12 de Maio de 2018 às 14:37
Com o "peso político" de Beja no todo nacional nem se nota a diferença ...
Anónimo a 12 de Maio de 2018 às 23:16
Mesmo uma pequena freguesia pode boicotar o apuramento eleitoral final. Já aconteceu.
Anónimo a 13 de Maio de 2018 às 02:04
Eu sei que nós - os de cá (Beja, neste caso) -, nem sempre temos uma postura construtiva e gastamos muito tempo em questiúnculas... Mas serão (todos) de cá os que não perdem uma oportunidade para apontar defeitos a tudo o que se faz e a acusar-nos de tudo e mais alguma coisa, especialmente de sermos os únicos responsáveis pelo estado a que a região chegou?
De qualquer forma e independentemente das origens dos comentadores, acho que um pouco menos de bota-abaixo e de maledicência talvez não fizesse mal à nossa auto-estima e vontade de fazer e de lutar o que for preciso para melhor4armos o estado a que chegámos.
Zé LG a 13 de Maio de 2018 às 21:54
Não posso estar mais de acordo consigo Lopes Guerreiro. Mais do que bota-abaixo, existe uma necessidade exacerbada, de denegrir tudo e todos. Os que fazem, os que não fazem, os que fizerem e não deviam ter feito...o diz que disse e não disse - Sempre Cobertos na Sombra do Anonimato! Por algum motivo somos a Região com maior Taxa de Suicídio, é altamente Deprimente viver nesta Sociedade!
Pensem Nisto!
Ana Lúcia Serafim a 14 de Maio de 2018 às 16:46
Maio 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Que grande, que enorme "boneco" fez o meu amigo Pe...
Exatamente!
Obrigada ao António Arnaut.RIP.Espero que o PS dig...
Estamos de luto por António Arnaut. Grande Maçon, ...
Em termos de democraticidade interna, não tem comp...
Não fosse o Toino Zéi e a animação tinha ficado ba...
Ó Dr, então no PS não querem saber da sua opinião?...
Mais valia que os comunistas exigissem a reabertur...
Com o afastamento de Munhoz Frade, a DORBE do PCP ...
Confirmo que participei no estudo da chamada segun...
O PCP sabe que essa proposta não tem pernas para a...
Muitos parabéns aos atletas, aos técnicos e à Zona...
Porque o assunto é a praia...ou não sabes ler?
Percebo, sempre me pareceu que esses 4 anos não ex...
Étnica ?
blogs SAPO