Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Até sempre José Luís Jones!

Zé LG, 05.03.24

431259767_936294838498710_7017484241587685502_n.jpgJosé Luís Matias Jones, de 65 anos, morreu no dia 3, vítima de doença grave e prolongada. O funeral realizou-se ontem, para o Cemitério do Alto de São João, em Lisboa.
O Jones era um profissional multifacetado, um entusiasta do cante e dos toques da viola campaniça, tendo trabalhado largos anos no Campo Branco, onde foi responsável pela coordenação da gravação de alguns dos discos do Grupo "os Ganhões" de Castro Verde, para além de muitos outros trabalhos em diversas áreas da cultura e da informação.
Conheci-o há muitos anos através de amigos comuns e privei com ele também em termos profissionais como autarca e na Ovibeja. O Jones era um homem bom, generoso, disponível, bem disposto, amigo e bom companheiro.
A toda a família apresento os meus sentidos pêsames.