Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AQUI NÃO COMES

Zé LG, 28.02.21

Asset-3.pngO primeiro estabelecimento AQUI NÃO COMES surgiu em Beja, em meados do ano 2020, em plena pandemia, para satisfazer as novas necessidades dos clientes, respeitando as normas da Direção Geral de Saúde, que obrigaram os restaurantes a fechar e a servirem refeições apenas em take-away (a levantar nos estabelecimentos) e/ou com delivery (entregas ao domicílio).
Criado com o novíssimo conceito de Dark Store (“loja destinada a servir clientes que não estão fisicamente na loja”), o AQUI NÃO COMES foi pensado durante a pandemia, com uma estratégia perfeitamente direcionada para a nova tipologia de clientes que encomendam à distância para levantar na loja ou para entrega ao domicílio.

A aposta dos três amigos alentejanos que criaram o AQUI NÃO COMES está a ter um grande sucesso ao ponto de ter chamado a atenção de novas investidoras que levaram o mesmo conceito e marca AQUI NÃO COMES para Lisboa, sendo já dois AQUI NÃO COMES independentes a operar o mesmo conceito e sabores do Alentejo.

Leia o artigo completo, aqui.

4 comentários

Comentar alvitre