Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aposta do CEBAL na investigação da folha do cardo com resultados para a saúde das pessoas e a agricultura e agro-alimentares

Zé LG, 04.01.21

cardo_06_.pngUm dos mais interessantes foi a descoberta de que os componentes químicos da folha do cardo inibem a proliferação de células humanas de cancro da mama triplo negativo. Um tipo de cancro raro mas com grande taxa de letalidade. Esta verificação levou a obter a primeira patente europeia do processo de extração da cinaropicrina da folha do cardo.
A abordagem integrada da equipa ao estudo desta planta permitiu ainda perceber que os componentes da folha têm também propriedades antinflamatórias, o que levou ao desenvolvimento de filmes de quitosano, com incorporação de extrato de cardo, para tratamento de feridas crónicas.
Já as características fitotóxicas do cardo levaram ao desenvolvimento de um herbicida biológico, com o menor impacto possível para o ambiente, dando assim resposta às necessidades do setor agrícola. 
A diversidade da aplicação da folha levou à submissão da segunda patente, focada na conceção da tecnologia para obtenção de frações enriquecidas em cinaropicrina, a partir de extratos da folha do cardo, para o desenvolvimento de pensos antinflamatórios e das soluções biocidas.
Tendo o cardo como um recurso endógeno com potencial económico para o desenvolvimento do território, a atividade do CEBAL tem sido sempre realizada em parceria com os atores locais.