Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

António Costa cometeu um erro de consequências imprevisíveis

Zé LG, 17.10.20

img_900x508$2019_10_02_09_38_29_890057.jpgO primeiro-ministro, depois de ter afirmado e reafirmado várias vezes que o uso da aplicação StayAway Covid era voluntária, afirmou agora “que não gosta da solução de impor a utilização de máscara e da aplicação StayAway Covid, mas considerou que seria "irresponsável" assistir "impávido" ao aumento consistente dos casos de covid-19.”

Se a obrigatoriedade de utilização da máscara em espaços públicos com muita gente parece ser uma medida razoável, já o anúncio de pretender tornar obrigatório o uso da aplicação StayAway Covid é um erro grave, que poderá provocar mais danos do que vantagens no combate à epidemia.

No momento em que, mais do que nunca, é necessário tomar medidas bem fundamentadas, que sejam compreendidas, tenham a adesão generalizada da população e mantenham as pessoas empenhadas no combate à pandemia, António Costa anuncia uma medida geradora de grande contestação, porque o seu contributo para aquele combate poderá não ser muito e gera suspeitas de poder ser utilizada para outros fins bem menos “saudáveis", aumentando as dúvidas sobre a Covid-19 e, principalmente, sobre o que motiva a aplicação algumas medidas...

4 comentários

Comentar alvitre