Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
09
Jan 18

cannabis.jpg

Cerca de cem os subscritores defendem a legalização da cannabis para fins medicinais, pedindo aos políticos que tornem “esta medida possível”. Lembram que vários países já legalizaram o uso da planta e os seus derivados e salientam a existência de evidência científica que mostra que existe benefícios no tratamento de sintomas como a dor, falta de apetite, efeitos secundários provocados pelo tratamento do cancro.

A psiquiatra e directora do Serviço de Psiquiatria do Hospital de Beja, Ana Matos Pires, afirma que: “Não é a primeira vez que usamos substâncias com risco para fins terapêuticos”, salienta, dando o exemplo da morfina. Por isso, este não poderá ser um argumento de quem estiver contra a medida.

“Não podemos fazer juízos morais quando falamos de problemas de saúde”. “O conhecimento actual, e é assim que se faz medicina, evoluiu e mostra que há vantagens terapêuticas no uso de canabinoides e não faz sentido que em Portugal não possamos deitar mão a essa terapêutica.”

Reconhecendo que o uso de forma acrítica da cannabis pode trazer riscos psiquiátricos a quem a consome, Ana Matos Pires salienta que o que aqui está em causa é “o uso controlado sob supervisão médica”. Enquanto cidadã, salienta, considera que “é de uma hipocrisia absoluta” Portugal ter plantações autorizadas de cannabis para fins medicinais que depois são exportadas e que o país não as possa usar.

publicado por Zé LG às 13:58
Janeiro 2018
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Mais que verdade, infelizmente! Uma feira sem cham...
Entretanto li um outro comentário, não sei de que ...
Onde está isso da "falta de fraldas"?
Assim não vale...vir para aqui gabar-se que no seu...
Puxa Drª até na falta de fraldas a Drª é "pioneira...
o Sr Deputado João Dias, que há poucos dias deixou...
Nova Tróia,ainda pior que a outra no hospital.
25 de ABRIL sempre! Excelente dia da Liberdade, Zé...
O governo de Adalberto e Centeno sacrificam o SNS ...
No hospital a palavra de ordem é não há no armazém...
Difícil é entender porque é que certos intelectuai...
Esse é o lema na ULSBA
O bom funcionário vive feliz e saudável, quando to...
às 11H00?
blogs SAPO