Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alentejano Fernando Fitas venceu o Prémio Literário de Poesia e Ficção de Almada

Zé LG Zé LG, 29.11.14

Fernando-Fitas-e-Joaquim-Judas-presidente-da-CâmaOrganizado pela Câmara Municipal de Almada, desde 1995, o Prémio Literário de Poesia e Ficção de Almada pretende estimular a criação literária e o aparecimento de novos autores naturais, residentes ou que exerçam a sua atividade no concelho de Almada.
Nascido em Campo Maior, Jornalista desde 1975, Fernando Fitas viu reconhecido o seu livro “Alforge de heranças” no mesmo dia em que a UNESCO considerou o Cante Alentejano como Património Cultural Imaterial da Humanidade.
Em 2003 venceu o Prémio de Poesia e Ficção de Almada com a obra “O Ressoar das Águas”. Em 2012 editou “Alma d’Escrita”, no qual reúne uma série de reportagens sobre a preservação e defesa do património, tradições, memórias ou símbolos da identidade almadense. É ainda autor das obras “Canto Amargo”, “Amor Maltês”, “Silêncio Vigiado” e “O Saciar das Aves”.
In: http://www.cidadeinformacao.pt/jornalista-fernando-fitas-vence-premio-de-poesia-e-ficcao/

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.