Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

AFINAL OS SERVIÇOS DE SAÚDE EM BEJA ESTÃO PIORES OU MELHORES?

Zé LG, 27.11.15

mas não se vê o quê? as dívidas a diminuir? o nº de funcionários a crescer de novo? a produtividade dos serviços a aumentar? a despesa a ser controlada? tenha tento!
Anónimo a 26 de Novembro de 2015 às 20:35

Você é que deve ter tento! Não estamos todos parvos e bem sabemos responder às perguntas que aí faz. Só pode fazer parte do grupo do poder ou tem medo de perder o quê? Não me diga que ê um dos sortudos tipo auditor interno que pica o ponto em Moura e nem lá aparece há meses. Olhe que há malta que lhe pode destapar a careca em três tempos.
Anónimo a 26 de Novembro de 2015 às 20:43

ah sim? e onde estão as incorrecções? temos mais consultas, menos despesas com os internamentos, menores listas de espera, mais médicos, enfermeiros e auxiliares adequados, menos dividas a fornecedores? psiquiatria a funcionar, endoscopia a funcionar, oncologia a funcionar, ambulatório a funcionar em pleno, mas quer enganar quem?
Anónimo a 26 de Novembro de 2015 às 20:56

O profissionalismo deste anónimo é brilhante porque tudo pela mesma medida, o metro. Que brilhante instrumento de gestão, este metro, para medir a competência do CA da ULSBA e os resultados que tem atingido.
Então o meu caro amigo entende que era preciso ter todos esses serviços fechados e não verem doente algum para puderem dizer que não cumpriam e eram incompetentes e oportunistas do tacho? Não deve saber mesmo nada de medidas e de resultados.
Anónimo a 26 de Novembro de 2015 às 21:17

Comentários deixados AQUI.

3 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Anónimo 28.11.2015

    http://www.tempomedicina.com/noticias/30553

    O programa para a saúde do PS , endereço electrónico aqui no tempo medicina , prevê duas grandes mudanças com grande impacto nas organizações de saúde e há muito esperadas. Refiro me à exclusividade dos profissionais de saúde e à reorganização das unidades hospitalares com a criação de unidades autónomas de gestão.
    Para a ULSBA e assim a gestão estratégica queira e saiba avançar , nestes termos programáticos , poderemos , imbuídos de um espírito de missão que se traduza num "élan"positivo criar uma dinâmica de sucesso com significativos ganhos em saúde. Sendo este um modelo conceptual que defendo , há muito , não posso deixar de me congratular e desejar que este Ministro da Saúde consiga levar a bom termo este programa.
  • Sem imagem de perfil

    Munhoz Frade 28.11.2015

    Naturalmente, identifico-me com essa definição estratégica.
  • Comentar:

    CorretorMais

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.