Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

A PROPÓSITO DO CONGRESSO DO PCP

Zé LG, 12.11.14

“Por isto e por tudo o que ficou por dizer, que seguramente outros camaradas têm para dizer, é urgente repensar o PCP como a casa comum da esquerda, espaço de inclusão e força criativa na revolução permanente das mentalidades. As teses ao próximo congresso não reflectem em nada as preocupações daqueles que vêm o Partido a perder sistematicamente influência na sociedade, muito pelo contrário reafirmam o centralismo, o dogmatismo ideológico que contraria profundamente a leitura dialéctica dos fenómenos socio-políticos, a exclusão pela intolerância da discussão aberta e livre. Este congresso constitui mais um penoso passo no sentido da clausura a que o partido se votou.”
Luís Garcia, a 12 de Novembro de 2004 às 11:19, in: http://alvitrando.blogs.sapo.pt/119032.html#comentarios

 

Para quem possa não ter reparado, isto foi escrito pelo Luís Garcia (trecho de um texto muito interessante) HÁ 10 ANOS, no âmbito de um animado debate que então se gerou no PCP, a propósito do Congresso realizado nesse ano.
Agora o debate parece estar menos animado. Será que o PCP está muito diferente?

8 comentários

Comentar alvitre