Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

ANGIOLOGIA E CIRURGIA VASCULAR EM ANÁLISE EM ÉVORA

Zé LG, 13.06.17

img27.jpg

Durante três dias, Évora será a capital nacional da Angiologia e Cirurgia Vascular. Entre 15 e 17 de junho, o Hotel Vila Galé Évora recebe o XVII Congresso da Sociedade Portuguesa de Angiologia e Cirurgia Vascular, um momento de atualização de conhecimento e troca de experiência clínica para os profissionais de saúde, em que se discute também o futuro da prática desta especialidade.

0001.jpg

 

Com uma programação abrangente, ao longo dos três dias do congresso, vão ser discutidas diferentes áreas que preocupam os cirurgiões vasculares e analisados os resultados clínicos das atuais estratégias de atuação em algumas delas, destacando as: Doença Venosa, Cerebrovascular, Arterial Periférica e da Aorta.

Relativamente à primeira e última das acima referidas e durante o Congresso, serão efetuadas campanhas de divulgação, sensibilização e rastreio da população, chamadas “A Aorta não avisa” e “Alerta Doença Venosa”, dada a sua importância e, ao mesmo tempo, o seu subdiagnóstico. 

1º FÓRUM AMALENTEJO HOJE EM CAMPO MAIOR

Zé LG, 02.04.17

rectangle_260420161156-352-Amalentejo.jpg

Um ano depois do 1º Congresso, o movimento AMAlentejo realiza, hoje, a 2 de abril, em Campo Maior, o seu 1º Fórum, para refletir, propor e agir em defesa do Alentejo.

A ordem de trabalhos do 1º Fórum tem dois pontos de agenda e o primeiro tem como objetivo debater a questão da Comunidade Regional do Alentejo (CRA), focando atenções nas experiências, resultados e medidas para atingir as 35 mil assinaturas necessárias para levar o projeto de lei à Assembleia da República. O segundo visa semear novos rumos, ou seja avançar com uma resolução sobre o próximo Congresso.

José Soeiro, da Comissão Executiva do AMAlentejo, esclarece o que se pretende com o 1º Fórum.

VII CONGRESSO IBÉRICO DAS CIÊNCIAS DO SOLO E VI CONGRESSO NACIONAL DE REGA E DRENAGEM DECORREM EM BEJA ATÉ 5ª FEIRA

Zé LG, 13.09.16

120920161721-224-secestado.jpg

A sessão de abertura está marcada para as 9.30 horas, no auditório do Instituto Politécnico de Beja e vai contar com a presença do secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, Amândio Torres.

A realização destas iniciativas em simultâneo pretende sobretudo evidenciar a necessidade premente de promover novas abordagens integradas de investigação, gestão e administração dos recursos solo e água, sempre tendo em vista a valorização e a sustentabilidade das áreas de regadio, dos ecossistemas e dos agro-ecossistemas, ou seja, a valorização geral do território. 

Foto copiada DAQUI.

SIMPÓSIO INTERNACIONAL DE AZEITES DO SUL REALIZA-SE HOJE NO IPBEJA

Zé LG, 06.04.16

080320162203-236-simpsioazeite.jpgNo auditório principal do Instituto Politécnico de Beja estão reunidos especialistas de diferentes países que vão ao longo do dia partilhar os seus conhecimentos sobre o azeite.

A organização é da ACOS – Associação de Agricultores do Sul, do IPBeja e do CEBAL – Centro de Biotecnologia Agrícola e Agro-alimentar do Alentejo. O simpósio surge no âmbito do 6.º Concurso Internacional de Azeites Virgem Extra – Prémio CA Ovibeja.

Temas como o azeite e a saúde, a produção olivícola e a transformação da azeitona vão estar na ordem de trabalhos.

A organização do simpósio considera que o sector do azeite é “cada vez mais importante para o país nas fileiras agro-alimentares” onde o Alentejo se vem destacando “como região de excelência”.

A COROAÇÃO DE UM MORIBUNDO POLÍTICO

Zé LG, 03.04.16

card_passos_congresso_6.jpgO 36º (!!!) Congresso do PSD, que se realizou este fim-de-semana, coroou Passos Coelho como presidente do partido e elegeu os novos órgãos nacionais. 

As notas mais significativas retiradas destes congresso são: Passos Coelho, reeleito quase por unanimidade há semanas presidente do partido, obteve a mais baixa votação para a Direcção; apesar dos principais opositores internos não tendo comparecido, Passos Coelho viu reduzido o seu peso; Maria Luís Albuquerque foi eleita vice-presidente, tendo Marco António mantido outra das vice-presidências; Passos Coelho e o PSD reconheceram finalmente que já não são governo e estão agora na oposição, onde admitem ficar muito tempo; Passos Coelho será claramente um líder de transição, que será afastado quando se perspectivar que o PSD pode voltar novamente ao governo.