Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PS arranca “Rumo às Europeias 2019” em Beja

201901081212109789.jpgO distrito de Beja recebe, no próximo sábado, a primeira de 7 convenções regionais organizadas pelo Partido Socialista sobre a "Europa".

Em Beja, a convenção está dividida em duas partes, de manhã, no Luíz da Rocha, entre as 10.30 e as 12.00 horas, há “conversas sobre a Europa” com os presidentes das Câmaras Municipais de Campo Maior, Ricardo Pinheiro, Mértola, Jorge Rosa e de Reguengos de Monsaraz, José Calixto.
De tarde, entre as 14.30 e as 17.30 horas, na Pousada de Alqueva vai falar-se sobre “Alqueva: oportunidades para o Alentejo”, um debate moderado por Carlos Zorrinho e onde marca presença, entre outros, Capoulas Santos ministro da Agricultura. A sessão de encerramento é feita por António Costa, secretário-geral do PS.

Munhoz Frade expectante sobre a posição de Pedro do Carmo na próxima votação na Lei de Bases da Saúde

5306_2894468417827_1965349122_n.jpgAproxima-se o momento em que os deputados decidirão o futuro do Serviço Nacional de Saúde. Como subscritor de um documento sobre a Lei de Bases da Saúde, quero deixar aqui bem claro que estarei atento às posições tomadas pelos deputados do distrito de Beja quanto a essa matéria. De João Dias, conto que tome uma posição coerente com a convergência política que defendemos. Quanto a Pedro do Carmo, mantenho a expectativa. Não deixarei de aqui verberar quem não defender o reforço do SNS. Nunca aceitaria dar por perdidos quarenta anos de empenho a essa causa.
Munhoz Frade 28.12.2018 23:14, aqui.

Pedro do Carmo acha “2018 com balanço globalmente positivo”

20181216205022347.jpgPedro do Carmo, presidente da Federação do Baixo Alentejo do PS, faz um balanço globalmente positivo do ano 2018, destacando, para além da questão da ferrovia, a consolidação de Alqueva, a continuação deste investimento, com o aumento da área regada, a melhoria no financiamento das autarquias e o “bom” trabalho desenvolvido pelos municípios da CIMBAL.

Para 2019, ano de eleições Europeias e Legislativas, Pedro do Carmo espera “elevação política” porque “é mais o que une os partidos da região do que aquilo que os separa”.

Filipe Mestre morreu na Assembleia Municipal de Castro Verde

Filipe Mestre.jpgFilipe Mestre, de 62 anos, presidente da Concelhia de Castro Verde do Partido Socialista, faleceu ontem, durante a sessão da Assembleia Municipal local, onde liderava a bancada do PS, vítima de doença súbita.
Natural de Aljustrel, Filipe Manuel Patrício Mestre era professor e líder da bancada Socialista e do PS de Castro Verde. O docente era também membro da direcção do Lar Jacinto Faleiro e presidente do conselho fiscal do FC Castrense.

O Velório decorre na Casa Mortuária de Castro Verde. O funeral sairá amanhã, depois das 12 horas, para o Crematório da Quinta do Conde.

Conheci o Filipe Mestre quando, em 1974 e 1975, dei aulas em Castro Verde e com ele privei. Era um bom Homem, empenhado e voluntarista.

À família e ao PS apresento os meus sentidos pêsames.

Pedro do Carmo defende soluções para territórios de baixa densidade na PAC

20181126155234872.jpgPedro do Carmo, deputado do PS eleito por Beja, representou a Comissão de Agricultura e a Assembleia da República numa reunião de parlamentos sobre o futuro da alimentação e da agricultura, que decorreu em Zagreb, na Croácia, onde defendeu a importância da Política Agrícola Comum (PAC) após 2020 “olhar com atenção para as pequenas comunidades rurais e para as suas especificidades” e considerou necessárias “soluções para os territórios de baixa densidade que estão a sofrer impactos com as alterações climáticas”, “apoios para a agricultura extensiva” e “a valorização das raças autóctones e das diversas culturas muitas vezes desenvolvidas por pequenos produtores ou por organizações e cooperativas onde estes se integram”.

Pedro do Carmo defendeu, ainda, que não se pode deixar nenhum agricultor para trás. mesmo que pequeno ou menos produtivo e que se devem criar soluções colaborativas e apoiar a suas explorações.

Leia e oiça aqui e aqui.

O rigor e a transparência exigem-no!

Os sucessos da governação de José Sócrates

Vou apenas, antes de terminar, abordar os sucessos que constituem a nível regional o Aeroporto de Beja e o Empreendimento de Fins Múltiplos de Alqueva.

O primeiro, que foi lançado pelo governo de António Guterres, já lá vão uns anitos, continua sem se saber quando fica concluído nem quem e como vai ser gerido e para que vai servir, pese embora o trabalho realizado pela presente administração, e, pelos vistos, está a ser excluído do cluster aeronáutico, que volta a ser prometido em vésperas de eleições.

O segundo, cuja conclusão o primeiro-ministro insiste em apontar para 2012, mas cujo prazo mais seguro é 2015, à custa de uma engenharia financeira que envolveu a concessão da exploração hidroeléctrica à EDP e empréstimos bancários e obrigacionistas em vez das comparticipações do OE, continua sem ter definido o preço da água, elemento fundamental e estruturante do futuro na agricultura da zona.

Não importa apenas fazer e muito menos anunciar que se vai fazer. Importa também clarificar a necessidade, a prioridade, o custo-benefício, a disponibilidade de financiamento dos empreendimentos e investimentos a fazer, de forma a assegurar a sustentabilidade do processo de desenvolvimento que se pretende promover e a não comprometer o desenvolvimento futuro e as gerações vindouras.

O rigor e a transparência exigem-no!

Alvito, 12 de Agosto de 2008, publicado aqui.

AM de Castro Verde “chumba” GOP e Orçamento para 2019

201802211618357514.jpg

A Assembleia Municipal (AM) de Castro Verde não aprovou a proposta da Câmara Municipal para as Grandes Opções do Plano (GOP) e Orçamento de 2019, no valor de 12 milhões e 750 mil euros. Os 10 eleitos da CDU votaram contra e os 9 eleitos do PS a favor. Cabe agora ao Município apresentar uma nova proposta para apreciação e votação nos órgãos municipais.

Ler e ouvir aqui e aqui.

Manuel Masseno morreu

2018110914340167.nb.png

Manuel Joaquim Rodrigues Masseno, de 81 anos, natural de Beja, morreu hoje, em sua casa. O funeral realiza-se amanhã, às 11 horas, das Casas Mortuárias para o Cemitério de Beja.

Manuel Masseno, empregado bancário aposentado, era uma figura da Cidade de Beja. Cliente assíduo do Luiz da Rocha, integrou algumas das tertúlias que nele se reuniam. Foi fundador do PS em Beja e seu dirigente concelhio, distrital e nacional. Foi presidente da Junta de Freguesia de St.ª Maria da Feira e vereador da Câmara Municipal de Beja, deputado à Assembleia da República e Governador Civil de Beja. Desempenhou ainda muitas outras funções partidárias, públicas e associativas.

Conheci Manuel Masseno há mais de 40 anos e privei com ele quando ambos fomos vereadores na Câmara Municipal de Beja. Sempre mantivemos uma relação respeitosa e cordial. Recordo-o como um homem de fortes convicções, lutador e defensor das suas ideias e causas, de Beja e do Baixo-Alentejo.

À Família e ao PS apresento os meus sentimentos.

CDU vota contra Grandes Opções do Plano da Câmara de Moura

201811021612245695.jpg

Os vereadores eleitos pela CDU na Câmara Municipal de Moura votaram contra as Grandes Opções do Plano e Orçamento do Município para 2019, porque nenhuma das suas propostas foi incluída naqueles documentos e porque “não se vislumbra qualquer nova visão estratégica para o concelho”.

Segundo a CDU “a inércia e a falta de estratégia do executivo municipal do PS leva a que estas Grandes Opções do Plano fiquem aquém do que é necessário para o concelho de Moura” e que se mantenha uma “orientação que vai do assistencialismo à injustiça social, de que são exemplos os incentivos à natalidade e a redução na participação variável no IRS que beneficia as pessoas com mais rendimentos”.

A Concelhia de Moura da CDU reafirma a sua disponibilidade para intervir de forma construtiva, dando os seus contributos e apresentando as propostas que considera importantes para o concelho.

ACTUALIZAÇÃO: O PS já reagiu a estas críticas. A concelhia socialista de Moura frisa que a CDU ao votar contra o Orçamento vota contra “a atribuição de vários apoios na área social e da educação”, “a Regeneração e Qualificação Urbana”, o planeamento, a transferência de mais verbas para as freguesias e continuação do pagamento das dívidas do passado.

Câmara de Castro Verde aprovou Grandes Opções do Plano com voto contra da CDU

Câmara-Castro-Verde-02-768x432.jpg

A Câmara Municipal de Castro Verde aprovou, com dois votos contra dos eleitos da CDU, as Grandes Opções do Plano e o Orçamento para 2019, no valor de 12,7 milhões de euros.

O documento assenta “numa visão muito realista e faz um significativo esforço para estar adequado ao momento actual”, que “assenta num quadro económico em que, basicamente, as despesas correntes têm um peso muito relevante nas contas da autarquia e, por isso, condicionam o equilíbrio orçamental”.

A autarquia assegura que “vai continuar a assegurar os Protocolos com as Juntas de Freguesia com transferências regulares” e que tem previstos cerca de 4,6 milhões de investimentos em 2019, destacando a criação da Zona de Actividades Económicas, a requalificação da EM 508 e do CM 1139 (Santa Bárbara/Limite do concelho) e as obras de requalificação da Escola Secundária de Castro Verde e a criação do Museu da Feira de Castro.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Até parece que o anónimo das 20:46 conhece a situa...

  • Anónimo

    No máximo dentro de cinco anos, a ULSBA será apena...

  • Anónimo

    Gerida por incompetentes, a ULSBA vai a caminho da...

  • Anónimo

    Naturalmente porque tem condições de dar resposta ...

  • Anónimo

    Um comentário de quem não é gestor e quem não sabe...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds