Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Elvas vai ter Hotel Resort Urbano, a certificar como Carbono Zero

Zé LG, 17.05.20

elvas.pngA empresa Manuel Mendão, Lda. pretende investir cerca de 4,5 milhões de euros no Hotel Resort Urbano, a certificar como Hotel Carbono Zero, tendo como missão utilizar energia solar para aquecimento e soluções para reduzir consumos energéticos e de plástico.

O projeto de arquitetura, da autoria do arquiteto Luís Cachola, foi entregue na Câmara Municipal de Elvas e contempla quatro mil metros quadrados, dois pisos, 40 quartos duplos, seis suites, sala de eventos, centro de bem estar (SPA), bar, restaurante, piscinas interior e exterior e zonas verdes, prevê criar mais de 30 postos de trabalho e localiza-se na Quinta do Morgadinho, em Elvas, junto à saída na direção de Lisboa, estando previsto arrancar com as obras em 2021.

Covid-19 & Igualdade, qual a realidade?

Zé LG, 16.05.20

ESDIME.jpg

A ESDIME lançou o desafio à população de partilhar representações sobre a igualdade em tempos de confinamento social devido à pandemia Covid-19, em formato escrito, desenho, fotografia, dança, música, escultura, etc, que serão divulgadas na página do Facebook do Gabinete VERA, “mostrando a criatividade e a importante reflexão”.

“Viver o Clima no Baixo Alentejo”

Zé LG, 14.05.20

9392_big.jpgNo âmbito do acordo estabelecido entre a CIMBAL e a EDIA, no contexto da gestão do projecto “Viver o Clima no Baixo Alentejo”, foi submetida a candidatura ao Programa: EEA Grants – Small Grants Scheme #3 - Projetos para reforçar a adaptação às alterações climáticas a nível local, no valor de 199.641,85€.

O principal objectivo é “o de constituir uma rede de habitats que permita a conservação significativa de espécies de alto valor, de habitats estruturais e dos seus recursos (solos e água) e que ao mesmo tempo cumpram a função de prover serviços de ecossistemas às estruturas produtivas, tal como referido no Plano Intermunicipal de Adaptação às Alterações Climáticas do Baixo Alentejo.”

CIMBAL com financiamento para avançar com projecto (Des)construir para a Economia Circular

Zé LG, 04.05.20

O projecto (Des)construir para a Economia Circular foi aprovado, no âmbito do Aviso – Projectos para a promoção da Economia Circular no Sector da Construção, do Programa “Ambiente, Alterações Climáticas e Economia de Baixo Carbono” do EEA Grants, financiado pelos países doadores, Islândia, Liechtenstein e Noruega, apoiando financeiramente os Estados membros da União Europeia com maiores desvios da média europeia do PIB per capita, onde se inclui Portugal.

9322_big circular.jpgO projecto (Des)construir para a Economia Circular resulta de um trabalho iniciado pela CCDR Alentejo com a participação da CIMBAL, dos municípios do Baixo Alentejo e de um conjunto alargado de parceiros. Tem como principal objectivo promover uma estratégia regional para a reutilização de produtos e componentes de construção, bem como a reciclagem de resíduos de construção e demolição (RCD), reduzindo assim o impacto ambiental da construção e promovendo a sua circularidade.

Iniciada a construção do cabo submarino entre Sines e o Brasil

Zé LG, 26.04.20

20200423165109298 sines.jpgA estação de amarração do cabo submarino do consórcio Ellalink que ligará Portugal ao Brasil já está a ser construída, na ZILS - Zona Industrial e Logística de Sines, gerida pela aicep Global Parques. A “cable landing station”, na designação internacional, é a primeira instalação a nascer no SinesTech, área dedicada da ZILS que pretende dar um impulso ao setor tecnológico em Sines e em Portugal.

Vindo de Fortaleza, no Brasil, o cabo da EllaLink atravessa o Atlântico, numa extensão de 10 119km, e entra em território europeu via Sines, com ligações a centros como Madrid e Marselha e passando ainda por Cabo Verde e pela ilha da Madeira.

A infraestrutura, denominada Ellalink, está a ser implementada no âmbito do projeto BELLA (Building European Link to Latin America), que agrega as redes de ciência europeia e sul-americana, sendo financiado pela Comissão Europeia e por fundos privados.

IPBeja integra rede que desenvolveu protótipos de ventiladores

Zé LG, 25.03.20

IPBeja-1-768x512.jpgO IPBeja faz parte da rede de dez estabelecimentos de ensino que, num espaço de duas semanas, desenvolveu, dois protótipos de ventiladores, para dar resposta em caso de necessidade, face à pandemia do novo coronavírus.
Os dois protótipos de ventiladores de emergência: um baseado na operação de um motor elétrico e o outro que funciona com base em ar comprimido pneumático, aguardam certificação para poderem ser fabricados.

Serpa avança com projecto no âmbito das alterações climáticas

Zé LG, 09.03.20

serpa_5.4.jpg“As medidas a adoptar actuam em dois domínios fundamentais: contrariar o efeito da ilha de calor nos espaços públicos e fazer uma gestão sustentável dos recursos hídricos” e pretendem funcionar “como um modelo de boas práticas […]”, explica o Município. O projecto inclui “a criação de uma estrutura de sombreamento sazonal, bem como planos de água e fontes, na Praça da República, em Serpa, a criação de corredores de ventilação e a respectiva nebulização nas ruas dos Cavalos, do Calvário, dos Fidalgos e das Portas de Beja, e a alteração do abastecimento do sistema de rega a partir da rede pública, para a utilização de águas subterrâneas, no Parque Desportivo Municipal de Vila Nova de São Bento (Campo de Futebol)” e “paralelamente inclui acções de informação, sensibilização, divulgação e disseminação sobre estas intervenções e sobre a problemática das alterações climáticas”.

EMAS Beja integra consórcio internacional de promoção da transição para a economia circular no sector das águas residuais

Zé LG, 04.03.20

202003030652501.jpgDe acordo com o administrador-executivo da EMAS, trata-se do projecto "TransForCE", que junta "20 entidades de todo o mundo, formando um consórcio internacional, que pretende agregar conhecimento científico, académico e de gestão, para o desenvolvimento de estratégias e soluções inovadoras para a transição da economia circular aplicada à gestão sustentável das águas residuais".

Segundo Rui Marreiros, "um dos principais pontos fortes do 'TransForCE' é a diversidade e experiência dos parceiros envolvidos e das práticas utilizadas no saneamento de águas residuais orientados para uma economia circular", sendo que os objectivos do consórcio "estão alinhados com as estratégias da Comissão Europeia para o desenvolvimento sustentável".

Daqui, daqui e daqui.

"Se quer poupar, não perca tempo e comece já a separar!", em Beja

Zé LG, 02.03.20

imgLoaderUrl.ashx.jpeg

Os cidadãos pagam uma tarifa de resíduos, calculada em função do consumo de água. Com o sistema PAYT que a RESIALENTEJO está a implementar, pretende criar-se um sistema mais justo. Assim, os cidadãos apenas irão pagar os sacos destinados aos resíduos indiferenciados. Os sacos destinados aos resíduos recicláveis são gratuitos, por isso quanto mais separar, menos irá pagar.

O que pensa Santiago Macias do do Projeto do Sítio do Fórum Romano de Beja

Zé LG, 27.02.20

frb.jpgO que penso, em suma, de todo aquele processo?

1. Que a Câmara Municipal de Beja tem legitimidade para tomar decisões e para as por em prática, dentro do que é o legal de atuação. Não vi nada que contrarie este princípio;
2. Que o projeto tem princípios fundamentais de reversibilidade que permitem que a arquitetura se minimize ou, mesmo, se anule;
3. Que a monumentalização do sítio - via anastilose ou outros métodos - é fundamental para a leitura pelos visitantes;
4. Que o centro de interpretação + centro de arqueologia deveria ter um programa articulado com o restante património da cidade, nomeadamente o Museu Regional, a Rua do Sembrano, a igreja de Santo Amaro e o sítio de Pisões. Caso contrário, a lógica dispersiva e capelística dominará;
5. Que é imprescindível ter em conta os sábios comentários que ouvi ontem a propósito de drenagens, valorização de aspetos importantes (cisterna republicana, casa da moeda etc.), que em nada contrariam o que está previsto.
Houve aspetos que correram menos bem, neste processo? Sim, manifestamente. Está na altura de arrumar essa parte do dossiê. E de retomar o estudo com quem melhor conhece o sítio, e há mais de duas esforçadas e militantes décadas o escava. Continuo com a esperança que o retomar do diálogo resolva o que está por resolver.

Ler todo o texto, publicado por Santiago Macias à(s) 10:11, de 22/02/2020, aqui.

Serviço de Psiquiatria da ULSBA integra projeto internacional LEAVES, que se destina a dar apoio ao luto nos idosos

Zé LG, 26.02.20

202002241631401225 psiquiatria.jpgO LEAVES “ajuda os idosos a processar a perda de um cônjuge num ambiente on-line empático e atencioso”. Ou seja, o objetivo “é impedir o luto prolongado, ou tratá-lo, para que as pessoas mais velhas, em luto, possam levar uma vida ativa, significativa e digna.”

Ana Matos Pires, diretora do Serviço de Psiquiatria da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), esclarece que os países que integram o consórcio são a Holanda, a Suíça e Portugal e que a ULSBA é a única entidade clínica nacional a participar.

AR diz "sim" à despenalização da eutanásia

Zé LG, 20.02.20

O parlamento despenalizou esta quinta-feira, 20 de fevereiro, a morte medicamente assistida.

A Assembleia da República aprovou hoje na generalidade os cinco projetos para despenalização da morte medicamente assistida. Estiveram presentes 222 dos 230 deputados.

Uma vez aprovada na generalidade a despenalização da morte medicamente assistida vai descer à comissão de Assuntos Constitucionais, Direitos Liberdades e Garantias, onde vai ser feito o debate na especialidade e os partidos vão tentar chegar a um “texto comum”, resultado de negociações relativamente a textos que não são muito diferentes entre si. O texto comum votado em comissão será aprovado em votação final global e seguirá para Belém, tendo o Presidente da República três hipóteses: promulgar, vetar ou enviar a lei para o Tribunal Constitucional (TC).

Será este Projeto que vai tirar o Sítio do Fórum Romano de Beja do abandono em que se encontra?

Zé LG, 20.02.20

O Projeto do Sítio do Fórum Romano é apresentado esta sexta-feira, 21 de Fevereiro, às 21h00, no Centro Unesco, em Beja, numa sessão que contará com a presença de Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, Ana Paula Amendoeira, diretora regional de Cultura do Alentejo, e do arquiteto Vitor Mestre.

projeto-do-sitio-forum-romano-848x468.jpgEstas ruínas foram descobertas em 2008, mas têm sofrido um elevado estado de degradação desde então. Agora, este projeto nasce para dar vida a um espaço de valor histórico.

Sociedade Ponto Verde lançou o “Manifesto da Reciclagem”

Zé LG, 16.02.20

20200213105315599 ponto verde.png..., que através de mensagens simples, pretende alertar os portugueses para a importância de fazer da separação de resíduos um hábito da rotina diária.

Para ilustrar o Manifesto foram lançados, em simultâneo, 14 vídeos, através dos quais são dadas a conhecer dicas, desconstruídos mitos e quantificados resultados sobre a importância da reciclagem.

A Sociedade Ponto Verde espera que, através do Manifesto da Reciclagem e dos novos vídeos digitais, que nos próximos anos a participação dos portugueses na reciclagem permita continuar a “empilhar embalagens recicladas suficientes que equivalha a mais de seis viagens de ida e volta à Lua”. 

COM_VIDA foi distinguido com o prémio de “Melhor Poster” no ICOMTT2020

Zé LG, 15.02.20

202002131630381597 poster.jpgO projeto promovido pelo Centro Social Nossa Senhora da Graça e com investimento social da Câmara Municipal de Beja, em parceria com Observatório das dinâmicas de envelhecimento no Alentejo – IPB na avaliação e monitorização de impactos, participou, com a apresentação de um Poster, no ICOMTT2020 - 1st International Conference on Management, Technology and Tourism: Social Value Creation, onde foi distinguido com o prémio de “Melhor Poster”.

Laboratório de Ciências do Mar vai ter novas instalações em Sines

Zé LG, 25.01.20

A Universidade de Évora (UÉ) e a Administração dos Portos de Sines e do Algarve assinaram um contrato de concessão de uso privativo de uma parcela de terreno do domínio público, localizada a norte do cabo de Sines, onde serão construídas as novas instalações do Laboratório de Ciências do Mar da UÉ (CIEMAR).

P1060415.JPGEste laboratório tem funcionado em Sines desde 1990, em instalações provisórias cedidas pela autarquia, e que são atualmente insuficientes para desenvolver os diversos projetos de investigação científica em curso e as atividades de ensino superior e formação especializada, bem como alargar o âmbito da sua ação em áreas de ponta da Universidade como a Biodiversidade, a Geofísica, as Geociências, as Ciências do Património e a Inteligência Artificial.

Évora incluída em projeto-piloto de subsídio para cuidadores informais

Zé LG, 20.01.20

cuida.pngO Governo vai testar um novo subsídio para Cuidadores informais. Este projeto-piloto vai começar por ser testado em 30 concelhos e, de acordo com a ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho, Évora é um dos concelhos selecionados.
Este projeto-piloto prevê a criação de um subsídio “acumulativo” aos já existentes, não se sabendo ainda o valor da prestação, nem o número de pessoas que serão abrangidas por esta medida.

Iniciadas as obras de criação do "Parque Fluvial dos 5 Réis"

Zé LG, 19.01.20

Iniciaram-se esta semana as intervenções, para futuro aproveitamento balnear, desportivo e de lazer, na barragem dos 5 Réis, denominado por "Parque Fluvial dos 5 Réis". A frente de praia é de aproximadamente 265 metros lineares, divididos por 3 bolsas de areia.

82533288_858998124532432_946528762458013696_o.jpg
Trata-se de um projeto simples, com equipamentos (apoio de praia, etc.) de pequena dimensão mas que permite colocar ao serviço de munícipes e visitantes/turistas, para várias atividades, um espelho de água às portas da cidade...

Câmara de Vidigueira considera a revisão do PDM, em curso, uma oportunidade estratégica

Zé LG, 14.01.20

201901300943276427.jpgA Câmara Municipal de Vidigueira está a “trabalhar” na Revisão do Plano Director Municipal, que está em vigência há 26, estando por isso “obsoleto e desadequado face à realidade presente do município, e não cumpre as disposições definidas no quadro jurídico actual, o qual, de acordo com a Lei nº 74/17, obriga todos os municípios que ainda não o fizeram a proceder à revisão e actualização dos seus PDM até Julho de 2020”.

A Câmara Municipal de Vidigueira considera que “a revisão em causa constitui uma oportunidade estratégica para integrar projectos e investimentos em curso, e adaptar o ordenamento do território municipal às dinâmicas sócio-económicas e ambientais actuais e futuras”.

Associação de Futebol de Beja vence Prémios de Mérito e Excelência da FPF

Zé LG, 08.01.20

y66.jpgA Associação de Futebol de Beja (AFBeja) recebeu mais duas distinções em duas categorias: Maior Crescimento de Praticantes de Futsal (absoluto) e Mérito no Desporto Adaptado, pelo Projeto de Futsal Adaptado.

Com destaque para o Prémio de Mérito no Desporto Adaptado, o projeto implementado pela Associação de Futebol de Beja no distrito procura dar a pessoas com deficiência a oportunidade de praticar desporto, enquadrado num calendário de treinos e encontros de futsal planificados para toda a época desportiva.