Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PORTUGAL É CAMPEÃO EUROPEU DE FUTEBOL DE SUB-19

Zé LG Zé LG, 29.07.18

thumbs.web.sapo.io.jpg

Portugal sagrou-se campeão europeu de futebol de sub-19, pela primeira vez, ao vencer a Itália por 4-3 após prolongamento, num jogo louco. Na final no OmaSP Stadion, na Finlândia, a seleção lusa esteve a vencer por 2-0, com golos de Jota e Trincão mas permitiu a recuperação italiana em dois minutos, pelo suplente Moise Kean. No prolongamento marcaram-se mais dois golos, com Jota a bisar e Scamaca a empatar. Suplente Pedro Correia fez o golo histórico e deu o título a Portugal.

MORREU JOSÉ MANUEL TENGARRINHA

Zé LG Zé LG, 30.06.18

José Manuel Tengarrinha, fundador do MDP/CDE, morreu ontem, aos 86 anos.

tengarrinha.jpg

Professor catedrático jubilado da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, jornalista, escritor, investigador, político, cofundador do MDP/CDE, José Manuel Tengarrinha foi deputado à Assembleia Constituinte, em 1975-76, e nas quatro primeiras legislaturas, até 1987.

Antes do 25 de Abril, participou e liderou a constituição da Comissão Democrática Eleitoral (CDE), nascida em Lisboa, que se estendeu a mais distritos do país, para disputar as eleições de 1969, em plena ditadura do Estado Novo.

Detido várias vezes pela PIDE, a polícia política do fascismo, Tengarrinha esteve preso na Cadeia do Aljube, em Lisboa, e no Forte de Caxias, de onde foi libertado nos dias que se seguiram à queda do anterior regime.

O corpo vai no domingo, às 18:00, para a Basílica da Estrela, em Lisboa, de onde sairá na segunda-feira para cremação, numa cerimónia reservada à família.

TENHO ACOMPANHADO MUITO DO QUE SE TEM DITO E ESCRITO

Zé LG Zé LG, 17.06.18

bdc.jpg

sobre o Sporting, porque me interessam os temas relacionados com as organizações e o comportamentos

das pessoas em diversas situações e enquadramentos e desde que Bruno de Carvalho assumiu a sua presidência, designadamente nestes últimos tempos, transformou-se num manancial de material de estudo e análise nessas áreas.

 

 

RUI MARREIROS ELEITO VICE-PRESIDENTE DA APDA

Zé LG Zé LG, 08.05.18

Conselho-Diretivo-768x512.jpg

Rui Marreiros, administrador executivo da EMAS-Empresa Municipal de Água e Saneamento de Beja integrou recentemente o Conselho Directivo da APDA-Associação Portuguesa de Distribuição e Drenagem de Águas, “a mais importante e representativa associação do sector da água em Portugal”.

Em assembleia geral eleitoral da Associação, o actual administrador executivo da EMAS foi eleito vice-presidente para o triénio 2018-2020.

MORREU VARELA GOMES, O OPERACIONAL DA REVOLTA DE BEJA

Zé LG Zé LG, 27.02.18

c53ae42b274a569a9a1f55833b6a82dd.jpg

Morreu esta segunda-feira João Varela Gomes. O coronel foi, durante a guerra colonial, o primeiro a pegar em armas contra a ditadura de Salazar; e foi, no 25 de Novembro de 1975, o último a depor as armas quando chegava ao fim a "Revolução dos cravos".

Na madrugada de 1 de Janeiro de 1962, o então capitão Varela Gomes dirigiu com Manuel Serra a operação de tomada do quartel do Regimento de Infantaria 3, em Beja.
Varela Gomes afirma que não foi o "autor do golpe de Beja", e atribui o mérito da autoria a Manuel Serra. No que lhe diz respeito, assume-se simplesmente como dirigente operacional da revolta. E nessa qualidade, admite, não deveria ter sido ele a empreender a prisão do segundo comandante do quartel, major Calapez Martins. Daí resultou ser ferido com gravidade e ser derrotada a revolta logo na sua fase inicial.

MÁRIO CENTENO ELEITO PRESIDENTE DO EUROGRUPO

Zé LG Zé LG, 04.12.17

thumbs.web.sapo.io.jpg

Também a Associated Press afirma que esta vitória “marca o afastamento do mantra da austeridade”, com “maior perceção de que a austeridade dos últimos anos tem sido uma carga pesada para as pessoas.” Assim, a agência considera que a subida de Centeno à presidência do Eurogrupo “tem o potencial para simbolizar uma nova era na Zona Euro, ainda mais porque [Centeno] vem da Europa mais pobre”.

Os próximos passos de Centeno são ainda previstos pela agência, com o fim do resgate da Grécia a afirmar-se como um dos principais pontos. Mas há mais: “As melhorias na arquitetura da Zona Euro irão ocupar muita da agenda de Centeno. Há uma crença de que há mais a fazer para garantir que não há repetição da crise mais recente. Alcançar um consenso de como fazer isso será uma peça-chave do trabalho de Centeno.”

Do outro lado do Atlântico, o New York Times sublinha também “a mudança no foco” do Eurogrupo que se dá com a eleição de Centeno. “É um sinal de que os governantes da região podem estar prontos para deixar para trás uma era em que o euro parecia estar à beira do colapso”, pode ler-se no jornal norte-americano.

 

Oxalá tenham razão.

FRANCISCO GEORGE ANUNCIOU ALTERAÇÕES NA CRUZ VERMELHA EM BEJA

Zé LG Zé LG, 04.12.17

George-e-Equipa_800x800.jpg

Graça Urze é a primeira presidente da Delegação de Beja, até aqui Centro Comunitário, da Cruz Vermelha Portuguesa. Eduarda Montes é a vice-presidente; João Lemos o delegado regional do Sul e Tadeu de Freitas o director executivo.

Estas decisões foram comunicadas, na Quinta-Feira, por Francisco George, recém empossado presidente da Cruz Vermelha Portuguesa (CVP), a trabalhadores e voluntários da CVP, na visita que, o antigo director-geral de Saúde, fez à instituição bejense.

A primeira novidade que Francisco George transmitiu foi a de que, a partir de 1 de Dezembro, o Centro Comunitário passaria a chamar-se Delegação de Beja e que iria existir uma nova forma de gestão a implementar-se.

Leia toda a notícia AQUI.