Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

PCP reclama medidas excepcionais para a situação de seca que vive a região

A Direção Regional do Alentejo (DRA) do PCP frisa que é necessário tomar medidas excecionais para a situação de seca que se vive na região, para assegurar o abastecimento de água e o desenvolvimento da atividade agropecuária.

201020161743-300-secaAlentejo.jpgA DRA do PCP refere que “para além das medidas de carácter excecional que a situação exige, é indispensável a adoção de medidas de carácter estrutural que vão para além das de mitigação e contingência, partindo da realidade concreta, da previsão das necessidades, planeando os investimentos necessários, definindo prazos e meios para a sua concretização.”

 

PCP quer mais fiscalização na Almina – Minas de Aljustrel

201812241225153249.pngO Grupo Parlamentar do PCP voltou a questionar o Governo sobre o que se passa nas Minas de Aljustrel. Neste requerimento o PCP diz que a frequente ocorrência de acidentes é da maior gravidade e exige o esclarecimento cabal dos factos e o apuramento de todas as responsabilidades nos acidentes ocorridos nesta mina, da responsabilidade da Almina.

Nas minas de Aljustrel só nos últimos meses dois trabalhadores perderam a vida e esta semana aconteceu mais um acidente onde um trabalhador das lavarias foi vítima de uma descarga elétrica de 6 mil voltes, tendo ficado em estado grave. Trata-se de um trabalhador contratado através de uma empresa de subcontratação que opera nesta mina, refere o deputado do PCP, eleito por Beja, João Dias frisando que apesar dos vários requerimentos efetuados, o Governo continua sem responder.

PCP teme que a maternidade do Hospital de Beja encerre em definitivo

jd.pngO PCP está preocupado com o cenário de encerramento da maternidade do Hospital de Beja. Neste contexto, questionou o Governo sobre esta matéria, querendo saber, entre outras respostas, quais são os motivos que “explicam os sucessivos períodos de encerramento do serviço de urgência de Obstetrícia do Hospital José Joaquim Fernandes?”.

A continuar neste caminho e a não ser interrompido, o PCP teme que “o futuro da maternidade do Hospital de Beja” seja “o encerramento definitivo”, reiterando que a “situação só não tem sido mais grave pela dedicação e empenho dos profissionais de saúde do serviço que são quase sempre sobrecarregados para assegurar as escalas de urgência, consultas, entre outros.”

João Dias, deputado do PCP eleito por Beja, pergunta ao governo quantos médicos especialistas em Ginecologia/Obstetrícia estão em falta na ULSBA – Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo para garantir a urgência de obstetrícia aberta e quantas grávidas foram impedidas de ser atendidas no Hospital José Joaquim Fernandes.

Ruben de Carvalho morreu

ruben_carvalho.jpgRuben de Carvalho, membro do Comité Central do PCP e do Executivo da Comissão Nacional da Festa do «Avante!», faleceu hoje, com 74 anos, em consequência de problemas de saúde que exigiram internamento hospitalar.

Intelectual comunista, assumiu uma intervenção destacada na actividade do Partido, tendo desempenhado importantes tarefas, cargos e responsabilidades. Ruben de Carvalho teve uma vida de intervenção e de luta na resistência antifascista, no movimento associativo estudantil, abraçou com intensidade a Revolução de Abril e defendeu os seus valores e conquistas. Destacou-se no jornalismo, na imprensa e na rádio. Deixou à sociedade portuguesa um contributo de grande relevo no conhecimento da música, na sua dimensão artística, cultural e social, no plano nacional e internacional, das suas raízes populares à sua dimensão erudita.

Ao longo de toda a sua vida, Ruben de Carvalho empenhou-se na luta, com o seu Partido, pela liberdade e a democracia, por uma sociedade nova liberta da exploração e da opressão, o socialismo e o comunismo. 

Ver toda a notícia aqui.

PCP acusa autarquias PS de pretenderem privatizar a gestão da água. Presidente da Câmara de Beja garante que não.

logo.pngA DORBE do PCP acusa os municípios de “Aljustrel, Almodôvar, Barrancos, Beja, Castro Verde, Mértola, Moura e Ourique de estarem a decidir a constituição de uma parceria para a gestão dos sistemas de água em baixa, porventura procurando aproveitar o facto de temporariamente o PS ter uma maioria em câmaras municipais do distrito e sem uma discussão e esclarecimento necessários nos órgãos autárquicos, aos trabalhadores envolvidos e à população sobre uma tão importante matéria”

O presidente da Câmara de Beja e Paulo Arsénio confirmou que existe a intenção de um conjunto de municípios se associarem para a gestão da água em baixa, à semelhança do que acontece com a gestão da água em alta, situação, referiu, com a qual a “CDU concordou”. Garantiu que a privatização está fora de hipótese.

Ler e ouvir aqui e aqui.

“PCP luta por um sociedade nova, profundamente democrática, sem exploradores e explorados”

"1-Não mais há propriedade individual, a terra não pertence a ninguém e os seu frutos pertencem a todos. Desaparecei de vez, insultantes distinções entre ricos e pobres, entre grandes e pequenos, entre senhores e servos. In Manifesto dos Iguais, Babeuf, 1795.
2-Eu pergunto aos economistas-políticos, aos moralistas, se já calcularam o número de indivíduos que é forçoso condenar à miséria, ao trabalho deproporcionado, à desmoralização, à infâmia, à ignorância crapulosa, à desgraça invencível, à penúria absoluta, para produzir um rico. in Viagens na Minha Terra, Almeida Garrett 1840.
3-Para responder a estas questões, com os ensinamentos de Marx e o exemplo de Lenine, foram criados partidos de novo tipo como o PCP que fará cem anos em 2021 e que com altos e baixos, com alguns erros mas com grande independência e assertividade, luta por um sociedade nova, profundamente democrática, sem exploradores e explorados.
Francisco da Cruz dos Santos, 20.05.2019 19:50", aqui.

 

Governo não avança com 2ª fase do Hospital de Beja, apesar da Recomendação da AR

Hospital-de-Beja-768x512.jpgO Programa de Investimentos na Área da Saúde (PIAS), aprovado em Conselho de Ministros e ontem publicado, pretende “alavancar o investimento, a recuperação e a melhoria de infra-estruturas e equipamentos do sector da saúde”, revela o Governo.

Fora do Programa ficou o alargamento do Hospital de Beja, apesar do Projecto de Resolução que recomenda ao Governo a construção da 2ª fase do Hospital Distrital de Beja, apresentado pelo PCP, sido aprovado pela Assembleia da República.

Face à ausência desta obra do Programa de Investimentos, João Dias, deputado do PCP eleito por Beja afirma que o Governo “despreza por completo” o distrito.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Pode-se até concordar em parte com isso! Mas o Alv...

  • Anónimo

    Na prática:- EscOteiros: sem religião definida;- E...

  • Anónimo

    Exactamente!

  • Anónimo

    Um bom exemplo! Que aliás deveria ser replicado co...

  • Anónimo

    Zobaida disse aqui e muito bem, que depois de algu...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds