Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Marcha silenciosa pelas vítimas de violência doméstica em Lisboa

Zé LG, 10.02.19

20190208122241571.jpgNove mulheres foram mortas em Portugal só nas primeiras cinco semanas deste ano e é contra este flagelo que se realiza, neste domingo, dia 10, em Lisboa, uma marcha silenciosa pelas vítimas de violência doméstica. A marcha silenciosa começa às 15.00 horas, na Praça do Marquês de Pombal.

Nos últimos anos perto de 520 mulheres foram assassinadas em contexto de relações de intimidade. São centenas os filhos e as filhas órfãos destas mortes.

Homenagem a Sofia Pomba Guerra: destacada feminista e anti-fascista alentejana

Zé LG, 13.10.18

Cartaz para Sofia.jpg

 

Sofia Pomba Guerra.jpg

 

 

 

 

Sofia Pomba Guerra (Elvas, 1906 – Cascais, 1976)farmacêutica e professora, foi uma destacada feminista e resistente anti-fascista em Moçambique e na Guiné.

O seu apoio à luta contra o colonialismo foi enaltecido por Amílcar Cabral e pelos primeiros presidentes de Cabo Verde e Guiné Bissau, Aristides Pereira e Luís Cabral.

Foi presa política em Moçambique e em Caxias (1949/50).

AF DE BEJA RECEBEU O PRÉMIO “MAIOR CRESCIMENTO DE ATLETAS FEMININAS 2016”

Zé LG, 20.12.16

191220161747-24-AFBeja.jpg

A distinção foi atribuída pela Federação Portuguesa de Futebol durante a cerimónia de entrega de Prémios de Mérito e Excelência.

A Associação considera que o prémio é o “reconhecimento do trabalho desenvolvido pelo Gabinete Técnico e pelos Clubes envolvidos”.

Pedro Xavier, presidente da AFBeja, realça que na última época foram criados três Centros de Treino de Futebol Feminino (Beja, Vila Nova de Milfontes e Amareleja) que se têm desenvolvido e diz que a Associação vai prosseguir com a aposta do futebol e no futsal feminino.

Dois livros de Maria Antónia Goes premiados pela GOURMAND WORLD COOKBOOK

Zé LG, 24.01.14

A Feitoria dos Livros tem o prazer de vos informar que foram atribuídos 2 Prémios pela GOURMAND WORLD COOKBOOK aos seguintes títulos:

• O ALENTEJO À MESA Maria Antónia Goes BEST LOCAL CUISINE BOOK

• O PORCO COM SUA LICENÇA Maria Antónia Goes BEST SINGLE SUBJECT COOKBOOK

É pois com regozijo que registamos o reconhecimento do trabalho desta autora Maria Antónia Goes – com quem colaboramos há largos anos – e que muito tem contribuído para o registo e a valorização do n/ património gastronómico.

Recebido por e-mail.

 

Foto da apresentação do livro "O PORCO COM SUA LICENÇA" na 30ª OVIBEJA.

Alentejana Cláudia Semião campeã nacional júnior de natação

Zé LG, 07.01.14

A jovem nadadora mourense, Cláudia Isabel Semião, que actualmente representa as cores do Sporting Clube de Portugal, sagrou-se, recentemente, campeã nacional júnior, em estilo livre, na estafeta 4X100.

Recorde-se que Cláudia Semião, de 16 anos, já contava no seu percurso, com várias conquistas em competições regionais, ao serviço do seu anterior clube, o Animata – Clube de Natação de Évora.

A autarquia mourense salientou que “é uma honra para o concelho ter uma jovem que se distingue desta forma no plano desportivo, esperando-se que os resultados obtidos possam ser um estímulo para ir mais longe”.

In: http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?go=noticias&id=1919 e

http://www.radioplanicie.com/gestao/noticias/index_noticias.php?noticia=9112

Olinda Gil apresenta “Contos Breves” em Aljustrel

Zé LG, 16.11.13

A obra resulta de uma colectânea de contos escritos entre 1999 e 2007, publicados no DN Jovem do Diário de Notícias, e com ilustração de Cláudia Banza.

A apresentação tem lugar às 16h30 na Biblioteca Municipal de Aljustrel e conta com música de Tiago Videira.


In: http://www.radiopax.com/index.php?go=noticias&id=2422

e http://www.mun-aljustrel.pt/agenda/3112/apresentacao-do-livro-%E2%80%9Ccontos-breves-de-olinda-gil-com-ilustracoes-de-claudia-banza.aspx

Aumentou o número de mulheres presidentes de câmaras do Alentejo

Zé LG, 03.11.13

O recente acto eleitoral autárquico determinou que apenas 23 mulheres no cômputo dos 308 concelhos do país  viessem a ocupar  a presidência de  Câmaras, o que representa em termos globais um valor de 7,46 pontos percentuais. Facto surpreendente, e que ninguém analisou até agora embora aqui tivesse sido referido, é que, 7, cerca  de um terço delas (30,43 %), foram eleitas nos municípios do Alentejo dando-lhe  o segundo lugar em termos das regiões portuguesas, apenas igualada pela vasta região de Lisboa e Vale do Tejo. 

A nível nacional é o PS que detém metade das mulheres eleitas, em número de doze mas no contexto do Alentejo é o PCP que lidera com três, seguido pelos socialista, com duas, o PSD, com uma, sendo a outra pertencente a movimento de independentes. Outra curiosidade: embora seja o distrito de Santarém com mais mulheres presidentes de Câmara, nada menos de 5, Évora está em segundo lugar com 4 e com três está Portalegre.

Mas há outros  números surpreendentes. Em 2005 o número de eleitas para o cargo foi de 19 e em 2009 subiu para 23, tantas como agora. Em 2009 no Alentejo só duas mulheres (Gabriela Tsukamoto, em Nisa, e Fermelinda Carvalho, em Arronches, haviam merecido a escolha dos seus munícipes. Também, poucas foram as que se candidataram.

Agora tudo foi diferente. Desta feita foram 22 as candidatas que se apresentaram a escrutínio, encabeçando listas partidária ou de independentes e sete as eleitas a saber:  Adelaide Teixeira (Portalegre), Idalina Trindade (Nisa), Hortênsia Menino (Montemor-o-Novo), Mariana Chilra (Alandroal), Fermelinda Carvalho ( Arronches), Clara Safara (Mourão) e Sílvia Pinto (Arraiolos). Pertencem 4 ao distrito de Évora e 3 distrito de Portalegre, sendo que para bandas de Beja as mulheres ainda não adregaram arranjar coragem para dar o passo em frente com determinação e convicção tal como nos 4 concelhos do distrito de Setúbal (Litoral Alentejano).

Texto de José Frota, que pode ler na íntegra em:

Listas do PS terão 50% de mulheres e 50% de homens em Castro Verde

Zé LG, 08.03.13

No Dia internacional da Mulher, a candidatura do PS à Câmara Municipal de Castro Verde anuncia que as listas naquele concelho serão mais exigentes do que a Lei da Paridade, comprometendo-se a apresentar 50% de mulheres e 50% de homens.

O PS defende que é “necessário dar um contributo sério e crescente para concretizar a valorização do papel das mulheres” e uma sociedade onde exista “igualdade de oportunidades entre mulheres e homens”.

António José Brito, candidato do PS à presidência do município de Castro Verde, aponta como objectivo “uma candidatura plural e assente em pessoas” que através da sua dedicação darão “um contributo muito importante” para uma sociedade “mais justa e fraterna”.

"Dia Internacional da Mulher"

Zé LG, 08.03.13

No Dia 8 de março de 1857, operárias de uma fábrica de tecidos, situada na cidade norte americana de Nova Iorque, fizeram uma grande greve. Ocuparam a fábrica e começaram a reivindicar melhores condições de trabalho, tais como, redução na carga diária de trabalho para dez horas (as fábricas exigiam 16 horas de trabalho diário), equiparação de salários com os homens (as mulheres chegavam a receber até um terço do salário de um homem, para executar o mesmo tipo de trabalho) e tratamento digno dentro do ambiente de trabalho.
A manifestação foi reprimida com total violência. As mulheres foram trancadas dentro da fábrica, que foi incendiada. Aproximadamente 130 tecelãs morreram carbonizadas, num ato totalmente desumano.
Porém, somente no ano de 1910, durante uma conferência na Dinamarca, ficou decidido que o 8 de março passaria a ser o "Dia Internacional da Mulher", em homenagem as mulheres que morreram na fábrica em 1857. Mas somente no ano de 1975, através de um decreto, a data foi oficializada.