Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Homenagem a Sofia Pomba Guerra: destacada feminista e anti-fascista alentejana

Zé LG, 13.10.18

Cartaz para Sofia.jpg

 

Sofia Pomba Guerra.jpg

 

 

 

 

Sofia Pomba Guerra (Elvas, 1906 – Cascais, 1976)farmacêutica e professora, foi uma destacada feminista e resistente anti-fascista em Moçambique e na Guiné.

O seu apoio à luta contra o colonialismo foi enaltecido por Amílcar Cabral e pelos primeiros presidentes de Cabo Verde e Guiné Bissau, Aristides Pereira e Luís Cabral.

Foi presa política em Moçambique e em Caxias (1949/50).

HOMENAGEM A CARLOS GOES

Zé LG, 10.05.18

IMG_4202.JPG

IMG_4208.JPG

Foi uma homenagem bonita, justa, comovida e comovente a prestada esta manhã a Carlos Goes, ex-presidente da Câmara Municipal de Vidigueira. As intervenções proferidas pela arqueóloga Conceição Lopes, pelos presidentes da Assembleia Municipal e da Câmara Municipal e pelo filho João, em nome da família, tal como o vídeo passado, constituiram uma fiel evocação do Homem e da sua Obra.

FOI UMA INICIATIVA BONITA

Zé LG, 11.02.18

IMG_3834.JPG

Ontem à tarde, na Bilbioteca municipal José Saramago, em Beja, realizou-se a entrega do 1ª Prémio (e duas Menções Honrosas) Joaquim Mestre, criado pela ASSESTA, com a colaboração da Delegação da Cultura do Alentejo, aproveitada também para evocar e homenagear Joaquim Figueira Mestre, escritor e pintor, que, durante duas décadas, foi determinante para a afirmação da Biblioteca de Beja como uma referência nacional e internacional. Foi uma homenagem bonita, carregada de emoção. 

NERBE/AEBAL ASSINALA 30º ANIVERSÁRIO

Zé LG, 23.11.17

221120172245-942-Nerbe30Anos.jpg

Apoiar as empresas da região, tem sido o principal objectivo ao longo destes 30 anos, Filipe Pombeiro, presidente do NERBE/AEBAL, afirma que este aniversário é um marco importante na história da associação e destaca o papel que tem tido no território onde está implementada.
As comemorações incluem, às 17.30 horas, a realização de uma mesa redonda subordinada ao tema “Perspectivas Sócio-Económicas Para O Futuro do Baixo Alentejo”.
Depois da mesa redonda, segue-se, às 20.00 horas, um jantar convívio, para homenagear os ex-presidentes do NERBE/AEBAL e os associados com mais de 10 anos de filiação.

PORQUE NÃO GOSTAM DE CRISTIANO RONALDO

Zé LG, 08.06.17

1578653-cristiano-ronaldo-comemora-gol-de-portug-9

Cristiano Ronaldo, para além da habilidade natural que tem, é fruto do seu trabalho, do seu esforço, da sua perseverança, do seu empenhamento, da sua dedicação, da sua responsabilidade, do seu brio profissional, que o leva a treinar, para além dos treinos da sua equipa. Tudo características que nem sempre são muito valorizadas por alguns, que valorizam mais o jeito natural, o desenrascanço e, às vezes o “chico espertismo”.

Por tudo isso Cristiano Ronaldo é o melhor do mundo e deve constituir um enorme orgulho para todos nós, portugueses, que o devemos ter sempre presente como um dos melhores exemplos para todos os profissionais. 

Foto DAQUI.

VILA DE FRADES HOMENAGEIA FIALHO DE ALMEIDA

Zé LG, 07.05.17

050520171723-170-fialho.jpg

Fialho de Almeida é homenageado hoje, em Vila de Frades, a sua terra natal, no dia em que se assinalam os 160 anos do seu nascimento, num programa organizado pela Junta de Freguesia.

O programa agendado tem como finalidade evocar o escritor natural desta freguesia e contempla neste domingo, dia 7, a Rota Literária Fialho de Almeida, a partir das 09.00 horas, com percurso por Vila de Frades, e Cuba, pela vida e obra do escritor, assim como a inauguração, às 12.00 horas, da exposição “Fialho de Almeida, Imagens do Nosso Tempo”, na Casa do Arco, altura em que será feito também, um brinde a Fialho de Almeida.

Segunda-feira, 8 de maio, o dia é dedicado à vida e obra de Fialho de Almeida, no imaginário das Crianças, na Escola EB1 de Vila de Frades. Às 09.30 horas há percurso imaginário, na casa onde nasceu o escritor, na Escola onde estudou e Centro de Leitura. Às 11.00 horas, a proposta vai para o vídeo sobre a vida de Fialho de Almeida, na Casa do Povo e às 11.45 horas há pintura de mural numa parede da escola sobre o livro “Os Gatos”.

FIALHO DE ALMEIDA RECORDADO NOS 160 ANOS DO SEU NASCIMENTO EM CUBA

Zé LG, 03.05.17

140420141639-735-fialhodealmeidamdicoeescritor.jpg

A Associação Fialho de Almeida realiza na sexta-feira, dia 5, iniciativas de comemoração dos 160 anos do nascimento do escritor.

A conferência, com início marcado para as 10.30 horas, é sobre o tema: "Fialho e as artes: uma ótica deformante” e é com Isabel Mateus, da Universidade do Minho, no auditório da Biblioteca Municipal de Cuba.

Às 18.00 horas é realizada uma “Conversa à volta de Fialho de Almeida”, com Isabel Mateus, da Universidade do Minho, José António Costa Ideias, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, da Universidade Nova de Lisboa e Ricardo Revez, do Instituto de História Contemporânea, da Universidade Nova de Lisboa, na Taberna do Arrufa.

Fialho de Almeida nasceu em Vila de Frades a 7 de Maio de 1857, e como afirmou Manuel da Fonseca em 1984 foi "o primeiro Escritor que levou à Literatura o Alentejo e o seu drama". Em 2017 passam 160 anos sobre o nascimento desta figura da literatura portuguesa e a Associação Cultural Fialho de Almeida (AFA), com sede em Cuba, diz assumir "a pertinência de lembrar Fialho de Almeida".

BONITA HOMENAGEM A JOÃO ROSA

Zé LG, 22.04.17

IMG_1764.JPG

A apresentação da biografia de João Rosa, da autoria de Manuel Camacho, que ontem teve lugar no seu Beja Parque Hotel, acabou por constituir uma bonita e merecida homenagem a um Homem que se fez empresário a pulso, com a sua capaciade empreendedora e de vencer as adversidades, honrando compromissos e nunca esquecendo a responsabilidade social, como mais uma vez fez com a entrega da receita da venda do livro ao CPC de Beja. João Rosa tem ainda outra capacidade que é a de fazer e manter amigos, como se verificou nesta apresentação, que contou com a presença de largas dezenas, vindos dos mais diversos pontos do país e até do estrangeiro.