Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

SESSÃO DE INFORMAÇÃO SOBRE O SI2E EM ALJUSTREL

160520171011-390-SI2E.jpg

O auditório da Biblioteca Municipal de Aljustrel recebe uma sessão de informação sobre o SI2E-Sistema de Incentivos ao Empreendedorismo e ao Emprego.

A organização desta iniciativa, agendada para hoje, às 15.00 horas, pertence à Câmara Municipal de Aljustrel, em parceira com a CIMBAL, a ESDIME e a Alentejo XXI.
Esta sessão, que se dirige aos empresários do concelho de Aljustrel, tem como objectivo dar a conhecer os incentivos ao investimento e à criação de postos de trabalho, designadamente a criação ou expansão de micro e pequenas empresas, envolvendo um projecto de investimento, bem como a criação líquida de postos de trabalho.

ALMODÔVAR AVANÇA COM PROGRAMA PARA DESEMPREGADOS

A Câmara de Almodôvar tem em fase de consulta pública um projecto de regulamento para a ocupação municipal temporária de desempregados de longa duração.

Trata-se de um projecto que, segundo o município almodovarense, pretende ocupar os desempregados ao longo de seis meses em actividades de interesse municipal, potenciando as capacidades cívicas e de participação social dos participantes e contribuindo para a sua reinserção no mundo laboral.
Esta iniciativa dirige-se a residentes na área do concelho de Almodôvar há mais de dois anos, com idades entre os 50 anos e a idade legal de reforma, e que se encontrem em situação de desemprego há mais de 12 meses.

PRIMEIRO-MINISTRO NA APRESENTAÇÃO DO SISTEMA DE INCENTIVOS AO EMPREGO E EMPREENDEDORISMO EM ÉVORA

130320171029-890-antniocosta.jpg

O 1º Ministro, António Costa, marca presença na sessão de Lançamento do Investimento nas Economias Locais para a Coesão Territorial e o Emprego.

A sessão, onde vai ser apresentado o Sistema de Incentivos ao Emprego e Empreendedorismo, gerido pelos Grupos de Acção Local, Comunidades Intermunicipais e Áreas Metropolitanas, vai decorrer, a partir das 10.00 horas, nas instalações da CCDRA-Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Alentejo, em Évora.
Para além do 1º Ministro, marca presença nesta sessão, o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques.

NÃO HAVIA NECESSIDADE DE MEXER NA MEDIDA DE APOIO À CONTRATAÇÃO. BASTAVA DIZER QUE NÃO HÁ DINHEIRO PARA MAIS.

Foi publicada a regulamentação da nova medida de apoio à contratação, Contrato-Emprego, que, depois de uns meses de interrupção, sucede ao Estímulo Emprego. 

Ao contrário do que se espera - mais facilidade e agilidade e apoios -, o que (quase) sempre acontece é exactamente o contrário e este caso veio confirmar a regra: Mais burocracia (mais uma fase de candidatura); Três períodos de candidatura, em vez da possibilidade de candidatura em qualquer altura; Maior aperto na acessibilidade dos desempregados à Medida; Redução da diversidade de prazos de contratação; Menos apoios para as entidades empregadoras. 

Ou seja, esta nova medida de apoio à contratação de desempregados vai apoiar menos o combate ao desemprego. Cumpriu-se a regra... E tudo isto porque o dinheiro não chega para mais... Ora, se é assim, não havia necessidade de mexer no que existia e as entidades empregadoras já conheciam. Bastava dizer que não há dinheiro para mais.

Este é um dos aspectos mais negativos da política - quem entra mexe no que foi feito por quem saiu, para que tudo continui na mesma ou um pouco pior, para dar a ideia de que estão a fazer algo de novo.

EMPRESAS INSTALAM-SE NO CAM DE MOURA

031120151648-354-CAMM.jpgNa semana passada foram assinados três contratos de arrendamento para instalação no Centro de Acolhimento a Microempresas de Moura.
No total está previsto um investimento de cerca de 1 milhão e 51 mil euros e a criação de 22 postos de trabalho.

São diferentes áreas de negócios, uma empresa de produção de micro inversores, uma empresa de reparação de vidros automóveis e uma empresa de produção de artigos de decoração.

ARS ALENTEJO ABRE 13 VAGAS DA ULSBA

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Alentejo acabou de abrir vagas para colocação de 64 médicos nos Hospitais da região.
Para a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA) foram abertos 13 lugares em 12 especialidades: cirurgia geral, gastrenterologia, ginecologia e obstétrica, medicina interna, medicina física e reabilitação, ortopedia, patologia clínica, pediatria, pneumologia, psiquiatra, saúde pública e urologia.

FÁBRICA DE CONSTRUÇÃO DE ESTRUTURAS METÁLICAS INSTALA-SE EM BEJA

270520152109-750-estruturasmetalicas.jpgO Município de Beja assinou ontem um protocolo para instalação de uma fábrica de construção de estruturas metálicas.
A Câmara vai ceder um lote de terreno no loteamento municipal de actividades económicas da Horta de São Miguel em Beja, para instalação de uma fábrica com sede social em São Barnabé - Almodôvar.
A área a ceder é de aproximadamente 7 900 m2. O valor global do investimento é na ordem de 4 milhões de euros, comprometendo-se a entidade investidora a assegurar no mínimo a criação de trinta postos de trabalho locais e atrair sete novos residentes, integrados no staff da empresa.

IN CASTRO - CENTRO DE IDEIAS E NEGÓCIOS AVANÇA

220520151042-986-incastro.jpgAssembleia Municipal de Castro Verde reúne hoje, em sessão extraordinária, para aprovação do regulamento do IN CASTRO – Centro de Ideias e Negócios.
A Câmara Municipal de Castro Verde prepara-se para a apresentação do Centro anteriormente designado CIEBAL – Centro de Iniciativas Empresariais do Baixo Alentejo, situado junto à Escola EB 2, 3 Dr. António Francisco Colaço, em Castro Verde.
O IN CASTRO é gerido pelo Gabinete de Apoio ao Desenvolvimento e tem como principal missão “a prestação de serviços de acolhimento de projectos empresariais aos quais seja reconhecida capacidade efectiva ou potencial para promover a diversificação da base económica e a criação de emprego qualificado no concelho de Castro Verde”.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds