Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Reforço do pessoal oficial de justiça e construção do Palácio da Justiça são prioridades para Beja

tribunal.jpgFaltam 24 oficiais de justiça e dois funcionários do regime geral para que o quadro de pessoal do Tribunal Judicial da Comarca de Beja esteja devidamente preenchido, "que pode agravar-se com o tempo dado o envelhecimento dos quadros actuais, as previsíveis reformas e o insuficiente ritmo de substituição" e "determina que o Tribunal continue a laborar com um notório défice de oficiais de justiça, com inevitáveis consequências na sua actividade", sublinha José Lúcio, o juiz-presidente da Comarca, que define como reivindicação prioritária para 2019 "o reforço do pessoal oficial de justiça, avançando-se no preenchimento efectivo dos quadros da Comarca".
A outra grande prioridade identificada pelo juiz desembargador passa pelo lançamento da construção do prometido Palácio da Justiça, "com vista a solucionar as insuficiências do parque judiciário do Núcleo de Beja". Na opinião de José Lúcio, "não é aceitável manter tribunais a funcionar em módulos pré-fabricados por tempo indefinido".

Constituída a Associação Alememória

Alememória.jpgFoi constituída a Associação Alememória – Associação de Apoio a Famílias e Doentes com Demências, parceira da Alzheimer Portugal e que tem como objetivo dar resposta a esta problemática, na região. Todo o trabalho desenvolvido nesta Associação é feito em regime de Voluntariado.

A Associação está sediada na Rua de Lisboa Nº 58, em Beja, tendo como horários de atendimento: terças, quartas e quintas, das 18.00 às 19.30 horas, ou por marcação para o contacto 962553871 ou, ainda, por mail: alememoriabeja@gmail.com.

Raio atingiu uma das torres do Castelo de Mourão

trovoada.jpgA chuva e a queda de granizo surpreendeu ontem à tarde, 24 de março, o sul do país, particularmente o Alentejo, onde a GNR dá conta de vários acidentes, alguns por despiste provocado pela queda de gelo.
A Protecção Civil encerrou mesmo o perímetro do Castelo de Mourão, onde um raio atingiu uma das torres daquele castelo, ameaçada agora de derrocada eminente. Há relatos de corte de energia na região.

A culpa é nossa (?)

Somos frequentemente acusados de lentos, atrasados e responsáveis por todos os males que Beja e a nossa região vivem.

Mas…

… Alqueva e o respectivo empreendimento ainda está a ser construídos, com dezenas de anos de atraso.

… A autoestrada ficou a 60 Km da Cidade, apesar de tantas vezes prometida até à Fronteira ou pelo menos até ao Aeroporto. Como se isso já não bastasse, um troço de 10 ou 12 km está há dois anos concluído mas sem ser aberto, porque falta a ligação a portagem(!!!). O último prazo para a conclusão desta ligação feita pelo ex-ministro e actual cabeça da lista do PS ao PE foi-se como todos as outros…

… Os IP 2 e 8 têm em quase todos os seus percursos variantes às localidades e passagens desniveladas nos cruzamentos. Só em Beja e partes do seu concelho tal não acontece.

… Beja tinha ligação ferroviária ao Algarve e a Lisboa, sendo esta directa. Desde há alguns anos deixou de ter ligação ao Algarve e a de Lisboa passou a ter mudança em Casa Branca e os comboios que asseguram esta ligação são tão velhos que muitas vezes… não a asseguram, tendo de ser os passageiros transportados de autocarro.

… Depois de reclamado durante décadas e construído em muito mais tempo do que seria razoável, o Aeroporto de Beja foi construído, de forma a aproveitar as boas pistas da Base Aérea e as excelentes condições climatéricas. Até chegou a ser classificado pelo governo de “internacional”. Depois de concluído foi entregue à ANA que o gere como se fosse um empecilho e o governo lavou as mãos ele.

… A 2ª fase do Hospital de Beja já foi tantas vezes prometida e desde há tanto tempo que quando falam dela já parece um disco riscado. E o Hospital continua sem ter 2ª fase e cada vez perde mais valências e tem menos pessoal, não conseguindo assegurar os mínimos nalgumas das suas especialidades.

Podemos dar mais exemplos, mas será que é necessário para percebermos que quem nos tem feito mais atrasados é quem nos tem governado, que só de nós se lembra no início das campanhas eleitorais, para até a esse nível nos despacharem depressa?

Para quando a praça de portagens da A26?

201902131159374082.jpg

Já terminou o período concedido pelo Governo para a concessionária da A26 fazer as obras da praça de portagens. Pedro Marques, o ex-ministro do Planeamento e Infraestruturas, fez esse anúncio em Beja, no passado dia 13 de fevereiro e garantiu que o Estado avançaria no caso da concessionária não cumprir. A pergunta que se impõe é para quando a praça de portagens da A26? 

Antiga administração deixa ULSBA na falência técnica

Hospital-de-Beja-768x512.jpgA antiga administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (ULSBA), liderada pelos advogados Margarida Silveira e José Gaspar, deixou a instituição em “falência técnica”, o que obriga o Estado a injetar periodicamente milhares de euros na estrutura, de acordo com a auditoria do Tribunal de Contas realizada, cujo relatório foi agora conhecido e aponta ainda para “distorções e desconformidades materialmente relevantes”.

Pais preocupados com a má qualidade da comida na Escola de Santiago Maior

escola-santiago-maior-768x432.jpgPais e encarregados de educação da EB 2, 3 de Santiago Maior, em Beja, estão descontentes com a qualidade e quantidade das refeições servidas aos alunos pela Uniself, empresa concessionária do refeitório da escola, porque “apesar das queixas, não são notadas quaisquer melhorias”.

Nos dias em que as refeições têm alguma qualidade, “há alunos que pedem para repetir só que, os responsáveis da cantina, não deixam”, revela a avó de uma criança.

“Muitos dos alunos vêm de famílias com baixos recursos económicos e a comida da escola é a única refeição quente que têm ao longo do dia”, desabafa, preocupada, Sofia Monteiro, presidente da Associação de Pais.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Porquê?

  • João Espinho

    @nónimo 17.09.2019 07:25 - estranho seria se o ...

  • Anónimo

    Qual dos porquinhos?

  • Anónimo

    O que é estranho é o desinteresse do DA pelo tema.

  • Anónimo

    Muitos daqueles que foram bater palminhas ao Antón...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds