Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Junta de Sobral da Adiça critica Câmara de Moura

sobral da adiça.jpgA Junta de Freguesia de Sobral da Adiça critica a Câmara de Moura, por ter afirmado que a Junta de Freguesia “não sinalizou qualquer caminho para reparação”.

A Junta de Freguesia critica a forma como decorreu o processo tendo em vista o arranjo dos caminhos municipais e recorda que numa reunião, a 18 de Julho, com a Câmara de Moura, ficou acordado que não tendo a Câmara Municipal capacidade para responder aos arranjos dos arruamentos em Sobral da Adiça, a Junta de Freguesia faria esses trabalhos e o município arranjaria as respectivas vias rurais e agrícolas.
Para a Junta de Freguesia de Sobral da Adiça, que garante estar a cumprir a sua parte do acordo, a nota de imprensa da Câmara Municipal de Moura é “uma falsa verdade, com objectivos políticos de desacreditar” o seu o trabalho.

Câmara de Beja reduz mais preços de Transportes Públicos

urbanas.jpgÉ já a partir de 1 de setembro, que “as viagens no concelho de Beja com percursos, num sentido, superiores a nove quilómetros e que pagam, atualmente, mensalidade de 50 euros e 50 cêntimos, passarão a pagar 40 euros”, revela a autarquia bejense, “mediante apresentação no Balcão Único da Câmara Municipal de Beja do certificado de residência, emitido pelas Juntas de Freguesia”. Os passes para a cidade de Beja “a partir de Beringel, Cabeça Gorda, São Brissos e São Matias, por exemplo, passarão a beneficiar de uma redução de 10 euros e 50 cêntimos por mês”, revela a Câmara de Beja, que considera que “Promover uma mobilidade mais acessível, é reforçar a coesão do território”.

Delegação de Beja da ANAFRE terminou ronda de reuniões pelo distrito

A Delegação Distrital de Beja da ANAFRE terminou, esta semana, em Castro Verde, a primeira ronda de reuniões descentralizadas pelo distrito.

anafre.jpgVítor Besugo, coordenador Distrital de Beja da ANAFRE, faz um balanço muito positivo destas reuniões, para além da proximidade com os eleitos, permitiram também conhecer os seus problemas.

A ÁGUA É DE TODOS

Lemos com muita atenção o artigo inserto na edição do Diário do Alentejo de 18 de Julho último, da autoria de Nelson Brito, presidente da Câmara Municipal de Aljustrel. Congratulamo-nos, que finalmente esta discussão venha a público, ao invés, da correria que os eleitos do Partido Socialista pretenderam imprimir, para a aprovação de uma medida demasiado séria e com um alcance histórico assinalável, sem discussão prévia, em primeiro lugar com as populações, mas também com os trabalhadores das autarquias, especialmente os que prestam serviço na Empresa Municipal de Águas e Saneamento de Beja, já que esta empresa desempenha um papel charneira na gestão da água pública na nossa região.

(leia aqui o resto deste artigo)

Somos a favor de parcerias colaborativas entre os diversos intervenientes no processo sem que isso obrigue a criar entidades gestoras e alienar a responsabilidade da gestão. E como bem refere o estudo realizado pela AMGAP estão identificadas as medidas a tomar para melhorar a qualidade do serviço, garantindo a autonomia dos municípios, a gestão pública e a acessibilidade económica dos consumidores. Passe-se das palavras aos atos e reclame-se do governo que apoie efetivamente os municípios neste propósito não discriminando e respeitando as suas opções.
José Maria Pós de Mina.
Manuel Camacho.

À atenção da Câmara de Beja: cortes frequentes no fornecimento de electricidade

Há oito anos que moro no Penedo Gordo e, pelo menos, desde essa altura que se registam cortes no fornecimento de energia eléctrica. Dantes, registavam-me principalmente quando chovia. Bastava começar a chover para logo faltar a luz. Agora, registam-se com mais frequência - há semanas em que isso acontece vários dias e várias vezes nalguns dias -, independentemente do tempo. Ainda esta manhã se registou mais uma interrupção. 

pg.jpgChama-se a atenção da Câmara Municipal para esta situação que não se compagina com a prestação de um serviço público de qualidade e bem pago.

Câmara de Cuba amplia Escola Básica de Faro do Alentejo

cuba.jpgA intervenção está a decorrer durante o actual período de interrupção escolar, sendo que no arranque do próximo ano lectivo os alunos daquele estabelecimento de ensino já terão à sua disposição um novo espaço.

Esta obra surge no âmbito de um conjunto de intervenções a nível de requalificação ou construção de novas valências, levadas a cabo pelo município de Cuba, nos estabelecimentos de ensino do concelho.

É “inaceitável” o estado de degradação da EN2, nomeadamente o troço Aljustrel/Castro Verde

Estrada-768x432.jpgOs presidentes dos municípios de Castro Verde e Aljustrel reuniram-se com o Secretário de Estado das Infraestruturas. Em cima da mesa esteve a degradação da EN2, nomeadamente o troço Aljustrel/Castro Verde.

De acordo com os autarcas é “inaceitável” o estado da estrada utilizada pelos trabalhadores das minas de Somincor e Almina, utentes da saúde os utilizadores da nova rota turística da EN2. Nelson Brito, presidente da Câmara de Aljustrel, alerta para os riscos da daquela via e exige a urgente reparação do troço entre Aljustrel e Castro Verde.

A A26 também mereceu destaque, nomeadamente o troço concluído há mais de dois e que continua encerrado. O presidente da Câmara Municipal de Aljustrel, defendeu que o troço deveria abrir imediatamente mesmo que o litígio com a concessão, por causa da Praça de Portagens, ainda não esteja resolvido. Para o autarca a solução é simples neste momento abria sem portagens.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Se há tanta clarividência acerca da geringonça com...

  • Anónimo

    Sem dúvida, sobretudo os grandes interesses capita...

  • Anónimo

    Tal e qual ... até que enfim que alguém vai ao cer...

  • Anónimo

    Esta técnica de mal-dizer é cronicamente utilizada...

  • Anónimo

    Se são carneirinhos ou não como V.a Ex.a defende, ...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.