Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Morreu Jacques Delors, o “Senhor Europa”

Zé LG, 27.12.23

Sem nome (85).pngJacques Delors, o antigo presidente da Comissão Europeia, que foi também ministro da Economia e das Finanças de França, morreu esta quarta-feira em Paris. Tinha 98 anos.

Jacques Delors, também conhecido como o “Senhor Europa”, é uma figura chave da integração europeia, nomeadamente pelo seu papel na criação do Euro e no mercado único. Assumiu a presidência da Comissão Europeia em janeiro de 1985 e apenas deixou o cargo dez anos depois, tendo sido o presidente que mais tempo ocupou a posição.

Em Bruxelas, Jacques Delors ajudou a desenhar os contornos da Europa contemporânea, nomeadamente no estabelecimento do mercado único, na assinatura dos acordos de Schengen e do Ato Único Europeu, no lançamento do Programa de intercâmbio de estudantes Erasmus, na reforma da política agrícola comum e no arranque da União Económica e Monetária que levaria à criação do euro.

Morreu Odete Santos, uma mulher que punha "o coração nas palavras"

Zé LG, 27.12.23

Sem nome (84).pngNascida em 26 de Abril de 1941, na freguesia de Pêga, concelho da Guarda, Maria Odete Santos era advogada, aderiu ao PCP em 1974 e foi deputada à Assembleia da República entre 1980 e 2007, tendo exercido também vários cargos a nível partidário e autárquico, em Setúbal. Como dirigente partidária e deputada, destacou-se em áreas dos Direitos, Liberdades e Garantias, na defesa dos direitos dos trabalhadores e dos direitos das mulheres, assuntos que abordou em conferências, debates, entrevistas e artigos publicados, com destaque para o "particular significado" da sua intervenção na conquista de novos direitos para as mulheres, nomeadamente o combate ao aborto clandestino e pela despenalização da Interrupção Voluntária da Gravidez". No parlamento, dedicou-se às áreas do direito do Trabalho, Assuntos Constitucionais e direitos das mulheres, tendo sido agraciada com a Grande Oficial da Ordem do Infante D. Henrique.

Odete Santos escreveu vários livros e gozou de uma popularidade que extravasou o âmbito político, com presenças regulares em programas de televisão, desde debates políticos a programas de entretenimento.

À família e ao PCP apresento os meus sentidos pêsames. Até sempre Odete Santos!

Manuel Gusmão morreu

Zé LG, 09.11.23

manuel_gusmao.jpgManuel Gusmão nasceu em Évora, em 1945. Poeta, ensaísta, tradutor, crítico literário, professor universitário, foi um dos maiores nomes da literatura e da cultura portuguesa dos séculos XX e XXI. Foi distinguido pelo Estado português com a Medalha de Mérito Cultural. 

Militante do PCP desde Maio de 1974, tinha ligação regular e directa com o Partido desde 1971. Membro do Comité Central do PCP do IX ao XIX Congresso, foi membro da Direcção da Organização Regional de Lisboa. Era actualmente membro da Comissão Nacional da Cultura junto do CC. Em 1975 foi eleito deputado à Assembleia Constituinte pelo círculo de Évora e à Assembleia da República entre 1976 e 1979.

Fez parte da Comissão Instaladora Provisória do Sindicato dos Professores, constituída em Maio de 1974, e da Comissão Directiva Provisória, eleita nesse ano. Foi redactor das revistas “O Tempo e o Modo”, “Letras e Artes”, “Crítica” e “Seara Nova” e fez parte do Conselho Editorial da Revista “Vértice”. 

À família e ao PCP apresento os meus sentidos pêsames.

Morreu João Carpinteiro

Zé LG, 03.11.23

jc.pngJoão Manuel Carpinteiro, de 80 anos, natural de Elvas, faleceu esta quarta-feira. Foi eleito presidente da Câmara Municipal de Elvas entre 1985 e 1993, pelo PSD.

“Depois de deixar a vida política, João Carpinteiro continuou a desenvolver atividades públicas na área do associativismo, tendo sido presidente da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Elvas e de “O Elvas” – Clube Alentejano de Desportos, assim como membro de outras coletividades”, acrescenta o município. Foi também empresário, tendo inaugurado, em 2003, o Museu Municipal de Fotografia, “onde se encontra a história da fotografia no Mundo e em Elvas em particular, assim como uma enorme coleção de máquinas fotográficas do seu espólio”.

À família e ao PSD apresento as minhas condolências.

Margarida Tengarrinha morreu

Zé LG, 27.10.23

margarida_tengarrinha.jpg

Maria Margarida Carmo Tengarrinha, de 95 anos, natural de Portimão, morreu. O corpo estará em câmara ardente na Casa Mortuária da Igreja do Colégio em Portimão, no dia 31 de Outubro, saindo às 12h30 para o crematório de Albufeira.
Margarida Tengarrinha teve uma vida inteiramente dedicada à luta e intervenção pela emancipação dos povos, pela democracia, o progresso social, a paz e o socialismo. Participou, desde jovem, nas lutas estudantis, foi membro da Direcção Universitária do MUD Juvenil, aderiu ao PCP em 1952, passou à clandestinidade em 1954, integrou o Comité Central desde Maio de 1974 até 1988 e foi deputada à Assembleia da República nas III e IV legislaturas. Integrava a Presidência do Conselho Português para a Paz e Cooperação.
Margarida Tengarrinha publicou diversos livros sobre pintura, cultura popular e sobre a sua experiência e intervenção enquanto funcionária do PCP. Tem também uma vasta obra de artes plásticas.

À família e ao PCP apresento os meus sentidos pêsames.

Francisco Quirino morreu

Zé LG, 18.10.23

2023101716041584.nb.pngFrancisco do Coito Quirino, de 94 anos, natural de Beja, morreu no seu domicílio em Beja, tendo-se o funeral realizado, hoje, das Casas Mortuárias para o Cemitério de Beja.

Francisco Quirino foi fundador e gerente da Estudantina, a mais antiga papelaria que ainda existe na Cidade e principal “fornecedora” de livros e materiais escolares dos alunos dos estabelecimentos escolares. Nessa qualidade, pela ligação que estabeleceu com gerações de estudantes, a quem tratava com simpatia, e respectivas famílias, a algumas das quais facilitou os pagamentos dos bens adquiridos na sua papelaria, tornou-se uma figura muito conhecida em Beja e na região.

À família apresento os meus sentidos pêsames.

Morreu o “Quinito”

Zé LG, 10.08.23

2023081016210444.nb.pngJoaquim Alves dos Santos, de 85 anos, natural de Évora e há décadas residente em Beja, morreu hoje, no Hospital de Beja. O funeral realiza-se amanhã, às 14:30, da Casa Mortuária de Beja para o Crematório de Albufeira.

“Quinito”, como era poular e carinhosamente conhecido, antigo trabalhador dos CTT, levou toda uma vida dedicada ao desporto e ao associativismo: jogador de futebol internacional, do Lusitano de Évora, Desportivo de Beja e da Zona Azul e director da Associação Futebol de Beja, fundador / presidente e treinador da Zona Azul.

O “Quinito” era uma figura de Beja, bom homem, simpático, fazia amigos com facilidade.

A toda a família apresento os meus sentidos pêsames.

Armando Pacheco morreu

Zé LG, 17.07.23

2023071616172091.nb.pngArmando José Braz da Silva Pacheco, de 79 anos, natural de Beja, morreu em sua casa, tendo-se o funeral realizado hoje, da Igreja Paroquial do Carmo para o Cemitério de Beja.

Armando Pacheco, era agricultor e teve uma vida política activa nos pós-25 de Abril, tendo desempenhado alguns cargos na estrutura local do PSD e desempenhado as funções de adjunto do Governador Civil de Beja. Foi nessa altura que com ele me relacionei e mantive uma relação cordial e de respeito mútuo. Há já muito tempo que não tinha notícias suas.

À família e ao PSD apresento os meus sentidos pêsames.

Morreu Manuel Leão, antigo presidente da Junta de Freguesia de Mora

Zé LG, 15.07.23

6f8437f4a5020741e769d91921e7a181_L.jpgManuel Leão exerceu funções de 1983 a 1989 como secretário e de 1990 a 2009 como presidente desta Junta de Freguesia de Mora.

A Freguesia dá conta que "recordará para sempre o homem de valores que dedicou grande parte da sua vida à causa pública e o Município de Mora destaca “o seu trabalho como autarca, à frente da Freguesia de Mora, mas também o papel no associativismo local, nomeadamente na Direção da Associação de Reformados, Pensionistas e Idosos de Mora." 

Apresento os meus sentidos pêsames à família e à Freguesia de Mora.

Morreu Paula Calado, vereadora da Cultura da Câmara de Elvas

Zé LG, 25.06.23

Paula-Calado-264x300.jpgA vereadora da Câmara Municipal de Elvas, Paula Cristina Henriques Mota Calado, de 52 anos, morreu este sábado, no Hospital de São José, na sequência do despiste de moto em que seguia, em Arraiolos.

A professora Paula Calado era presidente da Secção de Elvas do PSD e foi membro da Comissão Política Nacional do partido sob a presidência de Rui Rio.

Foi eleita vereador após ter encabeçado a lista da coligação PSD/CDS-PP nas eleições autárquicas em 2021 e, apesar da sua candidatura não ter vencido as eleições, recebeu do vencedor e atual presidente Rondão Almeida os pelouros da Divisão de Cultura e Turismo e da coordenação de Elvas Património Mundial e da Feira Agrícola.

A autarquia lamenta a morte da vereadora, decretou três dias de luto municipal e recordou o trabalho desenvolvido pela autarca.

À família, à Câmara Municipal de Elvas e ao PSD apresento as minhas condolências.