Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Iniciativa Liberal apresenta Leonor Dargent como cabeça de lista por Beja

Leonor-Dargent-Beja-768x432.jpegLeonor Dargent lidera a lista do partido Iniciativa Liberal por Beja às Eleições Legislativas de 6 de Outubro.  Natural de Beja, é licenciada em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Leonor Dargent afirma que o distrito de Beja tem “muito potencial”, mas tem sido “negligenciado” ao longo dos últimos anos e defende que é necessário investir na melhoria das infra-estruturas rodoviárias e ferroviárias no distrito de Beja.

Daqui e daqui.

EDP reconhece 74 cortes no fornecimento de electricidade ao Penedo Gordo desde o início de 2018

"Os cortes que se verificam no Penedo Gordo têm origem na rede de média tensão e, sendo assim, esclareço que não são da responsabilidade da CM Beja que concessiona ao prestador de serviço apenas a rede de baixa tensão. Independentemente de "responsabilidades", a CM Beja contactou a EDP que nos informou que registou no Penedo Gordo 50 episódios de cortes em 2018 e que já contabiliza 24 episódios de cortes de janeiro até final de julho em 2019, com particular incidência nos primeiros meses do ano e nos últimos dias do mês de julho, sobretudo no dia 29 desse mês. A EDP comunicou-nos que o problema que origina os cortes é de muito difícil deteção mas que irá monitorizar ainda com maior atenção a linha que serve a localidade de Penedo Gordo de forma a poder, o mais rapidamente possível (e o mais rapidamente possível não é imediato) resolver esta problema que estava sinalizado.
Votos de uma boa semana,
Paulo Arsénio (Anónimo 12.08.2019 12:01)", aqui.


Registo e agradeço a disponibilidade de Paulo Arsénio, presidente da Câmara de Beja, para esclarecer esta grave situação que afecta a população do Penedo Gordo, que a EDP diz não saber quando vai resolver. E se este problema se passasse na Cidade de Beja…
É este o resultado da privatização de serviços públicos.

Iluminação precisa-se

Este é o Largo de Francisco Miguel Duarte, no Penedo Gordo. Nele existe, embora mal se veja à noite, um parque infantil, que foi arranjado no mandato anterior. Este largo só tem duas lâmpadas e só uma (a do lado direito da fotografia) virada para o seu interior. A outra (do lado esquerdo da fotografia) está virada para fora, para a rua que fica em frente. 

Largo.JPGAdmito (embora não veja porquê? que possa não ser fácil dotar o Largo de uma adequada iluminação pública. Mas não compreeendo nem aceito que não se ponha mais uma lâmpada virada para o interior do Largo e que daria alguma luz ao Parque Infantil, no poste que tem a lâmpapada virada para fora do Largo. Fica a sugestão à Autarquia.

Câmara de Cuba lança Prémio Fialho de Almeida

fialho de almeida.jpgA Câmara Municipal de Cuba divulgou, recentemente, as normas para a atribuição do Prémio Fialho de Almeida. “São aceites a concurso obras na modalidade de coletânea de contos e romance, sendo privilegiadas as temáticas diretamente relacionadas com a região Alentejo”. Os trabalhos podem ser entregues até 31 de dezembro de 2019 e cada participante poderá apresentar uma única obra a concurso. Consultar o REGULAMENTO.

Quercus quer declaração de estado de emergência climática para o Alentejo

IMG_7993.JPGO presidente da Quercus defendeu a necessidade de ser declarado o estado de emergência climática para o Alentejo, de modo a combater a desertificação nesta zona do País. A afirmação surgiu numa conferência de imprensa da “Iniciativa Pró-Montado Alentejo” sobre o agravamento das alterações climáticas no Alentejo, na Academia das Ciências, em Lisboa.
Paulo do Carmo considera fundamental apostar na reflorestação do Alentejo e olhar de forma diferente para o montado, porque “gradualmente, estamos a perder árvores no Alentejo”. Por isso era altura de fazer “um desafio às várias autoridades e declarar emergência climática” nesta região, como já aconteceu em países como a Alemanha, Bélgica, Canada e Estados Unidos da América.

Comentários recentes

  • Munhoz Frade

    O que repetidamente entre nós se assiste é sintoma...

  • Anónimo

    Mas é que não tenhas a minima dúvida.Está tudo pre...

  • Anónimo

    Isso ainda também se esfuma...

  • Anónimo

    Diz-se que o Dr. Frade anda calado porque prepara ...

  • Anónimo

    Abra-se a maternidade com pediatria no regime priv...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds