Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
18
Jan 09

No dia 18 de Janeiro de 1934, a classe operária e o povo da Marinha Grande tomaram o poder na vila. Nas primeiras horas da madrugada, a estação dos Correios e o posto da GNR foram ocupados e os acessos cortados. A bandeira vermelha ondulou na vila vidreira e foi decretado o soviete. Mas, ao contrário do que esperavam os organizadores do levantamento, o gesto não se repetiu no resto do País e o movimento foi facilmente esmagado pela repressão fascista. Apesar de vencida, a revolta dos operários marinhenses permanece como um exaltante exemplo de heroísmo da classe operária portuguesa, que permanece até aos nossos dias.

 

Hoje para assinalar o 75.º aniversário essa jornada histórica, o Partido Comunista Português realiza hoje um comício em que participam Jerónimo de Sousa e Joaquim Gomes.

 

publicado por Zé LG às 00:12
Como o tempo varre a memória.
Campo relvado em Alvito 30 comentários. Esta acção revolucionária 0 comentários.
Veja-se a diferença de interesses passados 75 anos, que não é assim tanto como isso.
Será que determinadas lutas valem a pena Lopes Guerreiro?
Manuel António Domingos a 20 de Janeiro de 2009 às 08:24
Depende das lutas, mas se são travadas com conicção certamente que valem a pena.
Acho natural que uma questão local e actual mereça mais atenção do que o aniversário de uma jornada de luta travada há 75 anos.
Zé LG a 20 de Janeiro de 2009 às 23:14
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
Reivindicar mais é simples. Mas exigir melhor util...
Papel higiénico nas casas de banho para profission...
Assim se demonstra como um contraditório bem funda...
Subsídio de aspeto agradável, para quem precise.
Batas mais decotadas e de bainha curta...
Fluoxetina ao pequeno-almoço, antidepressivos em s...
No balcão do refeitório vai haver pratinhos com “p...
Em três palavras: pressão, desgaste e desmotivação...
O meu colega Pedro Moura, responsável pelo projto,...
A situação nacional nas instituições de Saúde está...
Então divulgue o diagnóstico da situação atual. Su...
Falar do que se não sabe e antes de nos informarmo...
Quem conheceu o que era o Hospital e em que se tra...
basta falar com os colaboradores e pedir opinião a...
Ao contrário das outras reivindicações, que são be...
blogs SAPO