Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Dinis Pinto quer reconquistar Alvito

20050729103501.jpg

Dinis Pinto (independente), bacharel em Gestão de Empresas e técnico oficial de contas de profissão é a aposta da CDU para a reconquista da Câmara Municipal de Alvito. É adjunto do Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Alvito e membro da direcção dos Bombeiros Voluntários.
António Pinto (PCP), construtor civil, é o candidato à Assembleia Municipal.
Manuel Cansado, ferroviário reformado, e Luís Beguino, electricista, (ambos do PCP) são, respectivamente, os candidatos às juntas de freguesia de Vila Nova da Baronia e Alvito.
A apresentação pública da candidatura, que tem como mandatário o médico-ortopedista José Lemos, ocorreu no passado dia 22.

"A CDU tem uma grande responsabilidade na vida de Alvito. Ao longo de 30 anos de democracia fizemos muito por este concelho, inclusivamente na oposição… Não vamos partir a ligação ao passado. Vamos tentar retomar todos os projectos que ficaram da CDU, porque todos temos a sensação de que estes últimos quatro anos foram anos perdidos".
"Contamos com todos para a elaboração do programa que terá de conter apenas e só o que é exequível. É lógico que temos de traçar planos, mas temos de ter os pés bem assentes no chão e rentabilizar ao máximo aquilo que temos, porque certamente não irão haver muitos mais recursos". Dinis Pinto acabou por avançar alguns dos traços gerais do seu programa eleitoral que aposta em áreas como a infância e a juventude, o ensino, a saúde, o combate ao desemprego e a descentralização autárquica. A CDU "só vai prometer aquilo que sabemos ser exequível. É necessário gerir da melhor forma para evitar desperdícios", disse, referindo-se nomeadamente à criação de infra-estruturas na área do apoio à família, como creches e jardins-de-infância, infra-estruturas reclamadas pelos alvitenses. "Faz parte dos nossos objectivos a criação destas infra-estruturas em Alvito e Vila Nova da Baronia, mas sempre dentro da perspectiva do número de nascimentos anuais e das necessidades da população.

Retirado da reportagem do DA

31 comentários

Comentar post

Pág. 1/4

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ainda há por aqui companheiros que não entenderam ...

  • Joao

    Os comunas de Cuba vêm busca los a Beja, será que...

  • Joao

    Ainda não passou ??

  • Ana Matos Pires

    Excelente sessão no Centro UNESCO, à inauguração d...

  • Anónimo

    Sim, veremos como os deputados se portam nesta mat...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.