Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Conselho Geral do IPB completo

Os representantes internos do Conselho Geral do Instituto Politécnico de Beja (IPB):

Docentes e Investigadores (11): Maria Gertrudes Ramalho, Isabel Brito e Luís Domingues (Estig-Escola Superior de Tecnologia e Gestão), António Ribeiro, António Parreira e Anabela Amaral (Escola Superior Agrária), José Espírito Santo, Cesário de Almeida e Aldo Passarinho (Escola Superior de Educação) e Maria Antonieta Medeiros e Maria Batista Correia (Escola Superior de Saúde); Estudantes (3): Luís Borges Gomes (Saúde), Pedro Brás Inácio (Estig) e Ana da Cunha (Educação) e Pessoal Não Docente (1): Paulo Cavaco;

reuniram hoje e decidiram cooptar:

 

Cláudio Torres, presidente do Campo Arqueológico de Mértola e Prémio Pessoa em 1991, Francisco Santos, presidente da Câmara de Beja, João Paulo Ramôa, empresário da construção civil, Castro e Brito, agricultor e presidente da ACOS, e Rui Sousa Santos, presidente do Conselho de Administração da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo, foram confirmados como integrantes daquela nova estrutura de gestão do IPB. A sexta e última personalidade indigitada foi Roberto Souza, director do Sines Tecnopolo,

ficando assim completo este órgão, que vai eleger o futuro presidente do IPB.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds