Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Não ao populismo

Nestas eleições autárquicas aumentou significativamente o número de candidatos populistas.
Eles compõem as suas listas não com os mais capazes mas com os que julgam que lhes podem trazer votos. E se eles não querem obrigam-nos, fazendo-lhes as mais diversas chantagens e ameaças.
Eles prometem tudo a todos. Os seus programas eleitorais são listas de promessas sem qualquer sustentação. Só os fazem para iludir os desprevenidos. E embrulham-nos em bom papel para que a ilusão seja maior.
Eles não estão interessados em resolver os problemas das pessoas mas sim em manterem ou alcançarem o poder. O poder para eles é tudo. Uma vez no poder julgam que ele é absoluto, desprezando as leis e demais regras democráticas bem como as populações.

É PRECISO DIZER NÃO AO POPULISMO! É PRECISO OPTAR POR ALTERNATIVAS SÉRIAS QUE GARANTAM SERVIR BEM O CONCELHO E AS POPULAÇÕES.


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Ana Matos Pires

    A propósito de notícias: isto é ESTIGMA e é intole...

  • Anónimo

    Uma boa parte desses trabalhadores emigrantes estã...

  • Anónimo

    Mas por acaso já se perguntou porque razão os loca...

  • Anónimo

    Bem, quer reparou como vinham vestidos e calçados ...

  • Anónimo

    Os alentejanos são RACISTAS nas atitudes por muito...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds