Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

José Alberto Fateixa recandidata-se à Câmara de Estremoz

“Temos desenvolvido um conjunto de ideias e maturado um rumo para a cidade e concelho de Estremoz” pelo que acho que tenho “condições para continuar” pela ”construção de um concelho melhor”, tendo em conta que “mudar a face do concelho é algo que não é possível num só mandato, particularmente um mandato caracterizado por uma situação económica muito difícil”, afirmou, justificando a sua recandidatura. 

José Alberto Fateixa, 50 anos, é licenciado em Farmácia e professor do ensino secundário. Foi vereador da Câmara de Estremoz de 1993 a 1997, delegado distrital do Instituto do Desporto, deputado à Assembleia da República e membro da Assembleia Municipal de Estremoz.

Recordamos de Luís Mourinha, anterior presidente da Câmara de Estremoz, já mostrou antes a sua disponibilidade para se candidatar numa lista de independentes, com aqui alvitrámos.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Palavras para quê? É o PS no seu melhor nas instit...

  • Anónimo

    Factos são factos. Palavras para quê??!

  • Anónimo

    "os filhos da casa" vão resolver o assunto!...o qu...

  • Anónimo

    Deixo aqui um post que retirei do Facebook, de um ...

  • Anónimo

    Não concordo. Como bem diz, dada a manifesta incap...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds