Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

João Trindade privilegia Educação

20051014103525.jpg

O professor do ensino superior João Paulo Trindade venceu no último domingo, dia 9, a corrida à Câmara de Alvito, tornando- -se assim no primeiro presidente eleito por um movimento de cidadãos independentes no distrito de Beja. A lista encabeçada por Trindade garantiu 549 votos (33,8 por cento) e dois mandatos, superiorizando-se às candidaturas do PS (354 votos, 21,8 por cento e um mandato), CDU (339 votos, 20,9 por cento e um mandato) e da coligação PSD-PP-PPM (330 votos, 20,3 por cento e um mandato).
"Tínhamos uma forte expectativa quanto à possibilidade de alcançarmos a vitória nestas eleições", revela o agora presidente da Câmara de Alvito, reconhecendo, contudo, que a diferença verificada acabou por ser "um pouco superior àquilo" que tinham previsto, tendo em conta o reduzido eleitorado. Uma vantagem que João Paulo Trindade justifica com a "campanha sóbria", "equilibrada" e "sem grandes gastos" que os independentes realizaram.
Apesar da vitória, o Movimento Independente não alcançou a desejada maioria absoluta. Uma situação que não preocupa de sobremaneira João Paulo Trindade, por confiar que os outros vereadores eleitos coloquem de parte a "questão política e ideológica" nas "chamadas decisões mais imediatas" da autarquia, por forma a "não prejudicar o concelho". "Tenho esperança que essa questão seja facilmente gerível e que não se coloquem grandes entraves a este próximo mandato", afiança.
Já eleito, Trindade garante que a primeira coisa a fazer após a tomada de posse – lá mais para o fim do mês – é inteirar-se "de uma série de questões" e depois "arrumar a casa", para então "avançar de imediato para um conjunto de acções e medidas previstas no programa eleitoral".
A grande prioridade para os próximos quatro anos está, no entanto, bem definida. O novo presidente da Câmara de Alvito quer "dar uma atenção muito grande" à Educação e agir junto da administração central no sentido de possibilitar a construção de uma escola integrada no concelho. Nesta área, Trindade pretende também melhorar as condições de funcionamento das escolas que existem no município e promover o arranque das aulas de Inglês e Educação Física no primeiro ciclo.
Outro objectivo de João Paulo Trindade é aproveitar o património de Alvito na promoção do desenvolvimento do concelho. "Vamos investir fortemente na conservação, divulgação e potenciação dos nossos recursos patrimoniais, quer sejam edificados, paisagísticos ou ambientais, por forma a que o concelho possa também aí ter uma vertente significativa do seu desenvolvimento", assevera.
Filho de um antigo presidente da Câmara de Alvito, João Paulo Trindade garante que a sua eleição para o mesmo cargo já desempenhado pelo seu progenitor se trata de uma "coincidência" e não de uma "consequência natural".
in Diário do Alentejo



2 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Ainda há por aqui companheiros que não entenderam ...

  • Joao

    Os comunas de Cuba vêm busca los a Beja, será que...

  • Joao

    Ainda não passou ??

  • Ana Matos Pires

    Excelente sessão no Centro UNESCO, à inauguração d...

  • Anónimo

    Sim, veremos como os deputados se portam nesta mat...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.