Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

As contradições da globalização

Zé LG, 11.06.08

Quando se pensa que a globalização só serve os interesses do capital, designadamente das multinacionais, e se promovem manifestações contra ela, eis que a revolta dos "pescadores" e dos "camionistas" mostra que também pode servir os interesses de outros sectores.

Quando os trabalhadores e os sectores não monopolistas, como os micro, pequenos e médios empresários, ganharem suficiente consciência da importância do seu papel num mundo global em mudança, a(s) revolta(s) transformar-se-á em revolução e, então, o mundo poderá ser efectivamente diferente, para melhor.