Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Por isso vamos continuar a batalhar

Zé LG, 04.01.08

Francisco Santos, presidente da Câmara Municipal de Beja, eleito pela CDU, na entrevista que deu ao “Alentejo Popular”, a que já nos referimos aqui, foi igual a si próprio: Frontal, directo, sem fugir às questões, optimista e confiante nos resultados do trabalho que está a comandar.

 

Transcrevo a seguir algumas das suas frases mais fortes:

“No final de 2009 pensamos ter o nosso programa eleitoral não só cumprido mas também ultrapassado”.

Estamos a “transformar o ensino em Beja num ensino de excelência”.

“… temos um plano de regeneração urbana a apresentar ao Quadro Comunitário de Apoio...”

“… vamos fazer crescer a cidade sobretudo para a zona Nascente, muito por influência do aeroporto que é na zona Oeste, os novos parques industriais serão a Norte e Oeste… à volta da zona do aeroporto vamos criar uma grande zona de actividades económicas.”

“… se tudo correr como previsto, até ao final de 2008 temos o PDM aprovado pela Assembleia Municipal…"

“Este PDM … não é só um instrumento de ordenamento do território mas também um plano estratégico para o concelho de Beja.”

“Há uma série de intenções de projectos … desde a área da metalomecânica pesada até à aeronáutica, passando por uma fábrica de pilhas e empreendimentos turísticos e energia fotovoltaica.”

“Sendo uma zona deprimida, … não compreendo que se pague portagens para utilizar o IP8”

“Como é que se faz um aeroporto e a estrada para servir esse aeroporto … só estará pronta três anos depois? Temos uma via férrea que está obsoleta e que nem se pensa modernizar nos próximos tempos… Por isso vamos continuar a batalhar.”

“Quem não teve estratégia foi quem não ganhou as eleições… Mas quem não teve estratégia no passado também não tem para o futuro.”

“… sei que estamos muito melhor politicamente do que antes das últimas eleições.”

“… se realizassem hoje eleições, nós ganharíamos com maioria absoluta, de certeza!”

“Se o PS não ganhou as eleições em 2005 não vai ganhá-las agora.”