Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Soares - Cavaco

O debate de ontem na RTP, entre Mário Soares e Cavaco Silva, mostrou-nos:

Um que, pela sua energia, vivacidade e memória, fez esquecer os seus 82 anos. Esteve sempre ao ataque desmistificando o endeusamento do outro, a quem acusou de permitir que o apresentassem como messias, o salvador da pátria, chamando a atenção para os perigos que isso encerra.

O outro que, apesar de mais solto do que é habitual, se manteve acantonado na sua torre de marfim, a falar de cátedra, não respondendo aos ataques, repetindo que não se candidata contra ningém mas apenas contra a crise, deixando admitir que não tem respostas satisfatórias para eles.

Ficou claro que a crise que Cavaco diz combater não surgiu de geração espontânea, começou ou agudizou-se quando ele foi primeiro-ministro. Soares lembrou-lhe que um seu antigo ministro das Finanças (Miguel Cadilhe), também ele economista tão bom ou melhor do que ele, o acusou de ser o pai do défice, para além de outras malfeitorias.

Ficou também claro que, ao contrário do que pretende fazer passar, Cavaco não é um invencível. Soares recordou e bem que ele fugiu quando percebeu que já não era apoiado pelos portugueses e que foi derrotado por Jorge Sampaio na sua primeira tentativa de chegar a Belém.

Soares ganhou o debate, embora não o tenha ganho por "KO", como pretendia. Cavaco levou todo o "combate" a fugir dos ataques do adversário, nostrando poder de encaixe.

5 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Essa e outras matérias, limitações sérias ao acess...

  • Anónimo

    Para ter voz na política não é preciso estar em qu...

  • Anónimo

    Mesmo que assim passasse a ser,os partidos que der...

  • Anónimo

    Para não perderem a voz na política há um partido ...

  • Anónimo

    O pão do dia a dia ou os privilégios e mordomias q...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.