Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Alvitrando

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.

O baile dos candidatos

Baile das presidenciais.jpgCartoon da capa do DN

A correria dos candidatos presidenciais pelo Alentejo continua. Nos últimos dias:

- Cavaco Silva passou por Almodôvar, almoçou em Beja, passou por Alqueva, reclamando para si o arranque das obras, esteve em Évora e julgo que foi a Portalegre.

- Mário Soares foi a Monsaraz admirar o Grande Lago, reclamando para si a decisão de o construir, almoçou em Reguengos de Monsaraz e jantou em Beja. Hoje esteve em Grândola, com 7 capitães de Abril para mostrar que tem mais do que Cavaco Silva.

- Jerónimo Sousa deu uma volta por Montemor-o-Novo, almoçou em Arraiolos e esteve em Évora. Hoje veio jantar a Aljustrel.

- Francisco Louçã vem amanhã a Beja.

Manuel Alegre já cá esteve e vai voltar às capitais de distritos. Garcia Pereira também cá vem. E, pelo menos, Jerónimo de Sousa também cá volta.

É o baile dos candidatos por terras alentejanas. A música é a das sondagens. Que agrada sempre ao que durante mais tempo ensaiou e que todos tentam dançar, adequando a sua prestação aos ritmos e aos locais.

4 comentários

Comentar post

Comentários recentes

  • Anónimo

    Caro vizinho. Não são as redes sociais que têm rev...

  • Anónimo

    E um hospital privado ,novinho em folha,para Beja....

  • Anónimo

    Heloísa Apolónia, a eterna deputada por um partido...

  • Anónimo

    vccdm

  • Anónimo

    Fomos "encaixando" durante anos, que a acção e a i...

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.