Alvitrando
Aqui se dão alvíssaras e trocam ideias sobre temas gerais, o Alentejo e o poder local, e vou dando notícias das minhas reflexões sobre temas da actualidade e de acontecimentos que achar que devem ser divulgados por esta via.
29
Dez 13

Tenho também deveres de consciência e por isso não me posso demitir de expressar publicamente que, apesar de reconhecer a legitimidade de quem assim decide, apesar de reconhecer total legalidade na decisão, discordo em absoluto com a forma como todo o processo foi gerido e também com a decisão tomada. Por isso deixo público, o meu comentário de funcionária pública, sobre uma decisão que é pública. Internamente, se me for dada tal oportunidade, comentarei o processo.

Também sei que existem outros enquadramentos legais, para esta situação e que outras soluções igualmente legais seriam possíveis. Soluções que garantissem o maior envolvimento da Biblioteca, através da sua representante directa, nos fóruns técnicos, onde se reflectem, discutem, questionam, fundamentam e apoiam, as decisões e a execução das políticas culturais do concelho.

Espero que esta decisão se deva apenas a uma precipitação, um desajeitamento, fruto do turbilhão de decisões que tem de ser tomadas. Espero... e mais não direi sobre o assunto! Por aqui me fico, nos ficamos, continuando a trabalhar clássicos quando não há novidades, continuando a pensar e repensar como fazer mais tendo cada vez menos; a motivar equipas que há anos estão em perda salarial e de direitos de trabalho. Continuando a semear, como é nossa obrigação, trabalhando todos os dias para a missão maior das Bibliotecas: construir comunidades.

Devia este post à minha consciência e à Paula Santos.

publicado por Zé LG às 02:10
EXEMPLAR.A LIBERDADE E O EXERCICIO DE CIDADANIA NO SEU MELHOR.
DR .CRISTINA , a verdade e a competência têm sempre que vencer.
Bom Ano e a continuação do extraordinário trabalho que tem desenvolvido na nossa Biblioteca em conjunto com a Drª Paula Santos.
MARIA FLORES a 29 de Dezembro de 2013 às 10:11
É como eu digo, até a malta daqui está a ficar farta. Metade do pessoal da Salvada que trabalha, trabalha na câmara e não estão a gostar nada disto....foram bem enganados pelo pessoal da anchã que gosta se fazer boas promessas mas o povo, até o povo do PC esta farto de promessas por cumprir e já não vai ficar calado como antes....

"... foi a gente que o pôs lá, e vai ser a gente que o vai mandar a baixo..." foi isto que ouvi ontem sobre o picado, sobre o Rocha as pessoas não sabem bem quem é ...
Toy da Salvada a 29 de Dezembro de 2013 às 10:50
Não conheço nem a área nem a situação,a não ser pelo que leio na comunicação pública e um ou outro "zum,zum"...

Mas li todo o post original e está muito bem!Não é ofensivo para ninguém, é perceptível para qualquer leitor daí formar alguma opinião própria.
O que percepcionei permite-me ,sem conhecer os intervenientes,a não ser de uma ou outra ida à biblioteca,recomendar,se me é com certeza permitido,que a Dra. Paula,sendo a profissional competente que parece ser,continue a trabalhar de igual modo como sempre tem feito,esquecendo que já não é a chefe de divisão,a dirigente que era,mas sempre revelando competência e saberes que outros não terão. É uma nova forma de afirmação que tem que procurar encontrar e que está ao alcance de qualquer funcionário público com as características retratadas. É difícil? É,mas é possível!E nada de permitir prateleiras douradas,nem esvaziamento de conteúdos funcionais.Nessas circunstâncias também há ,na legalidade,outros modos de actuação e a Dra. Paula saberá disso.
MARC a 29 de Dezembro de 2013 às 10:59
Para as bandas do pax Julia, como anda a dança de cadeiras? Já ouve bailo?
Anónimo a 29 de Dezembro de 2013 às 11:11
A dança das cadeiras, seria inevitável. Aliás como assim aconteceu há 4 anos. E em todas as autarquias em que houve substituição de uma força partidária por outra.
E eu não tenho nada a ver com uns e outros. Espanta-me é que ainda haja alguém que fique admirado com esse facto.

Depois, embora não se ponha em causa a competência e dignidade profissional de quem quer que seja, e desde não se interfira com os seus direitos profissionais, é uma verdade eterna que NINGUÉM É INSUBSITUIVEL. Felizmente,...

Agora também há que dizer bem de algumas atividades que foram agora retomadas, como os cursos da Casa da Cultura de Beja, que o anterior executivo estupidamente acabou com eles.
E que são uma bênção para quem ainda tem algumas aspirações culturais, e que pretenda sair da mediocridade do futebol, das telenovelas e dos fastidiosos e masturbativos debates dos nossos políticos.
Jeremias, o mau da fita a 29 de Dezembro de 2013 às 12:20
jEREMIAS-tem toda a razão , ninguém é insubstituível.
Mas quando a nomeação " de substitutos " obedece unicamente a lógicas de cartão partidário é absolutamente lamentável.
Quando a reorganização interna da CMB tem como único objectivo alocar pessoas do PCP , abstraindo-se de qualquer outro critério , com certeza que JR é Picado não terão muito tempo na CMB
MARIA FLORES a 29 de Dezembro de 2013 às 12:50
Ó Jeremias!? Quais foram os cursos que acabaram? Pergunte ao Dr. Pualo Monteiro... ou veija os panfletos! Nunca a Casa da Cultura teve tanta actividade como nos ultimos anos! Bastava olhar para a programação! Abra os olhos e não seja tacanho!
o jeremias deve andar com os copos a 30 de Dezembro de 2013 às 22:08
É verdade, ninguem é insubstituivel... mas.... substituir-se a Dr.ª Paula Santos, por quem nós sabemos.. substituir o Dr. Francisco Marques, por quem nós sabemos... colocar de lado 'n' funcionários (desde as chefias até ao simples técnico), por pessoas que a unica formação que têm é a assiduidade na Rua da Ancha e o cartão com as quotas em dias, parece-me, no minimo ..estupido!

A questão que se coloca, é que nem sequer estão a fazer trocas por pessoas mais formadas, mais conhecedoras, mais capazes! Mas sim, por pessoas pouco capazes, sem provas dadas de bom trabalho (ou unicamente de trabalho), que vivem no século passado, com politicas de bem publico bastante duvidosas e vingativas.

São tiros nos pés, quem têm sido dados, uns atrás dos outros.

E sim... isto não é politica. É a burrice no seu estado mais puro.

Sobre o comentário que a Dr.ª Cristina escreveu, não poderia estar mais de acordo. Reflecte o que toda a comunidade bibliotecária pensa (em 1º lugar) e grande parte dos bejenses também (em 2º lugar). Até os funcionários da Biblioteca ficaram de cara à banda quando souberam da novidade.
Bejense a 29 de Dezembro de 2013 às 14:12
Já tiveram oportunidade de ver o Boletim Municipal que chegou a casa do pessoal à uns dias?

"Afirmar Beja, Juntos de forma Integrada" - anedota do ano não?!

Estou ansioso para perceber o que é que eles querem dizer com o "juntos" e "de forma integrada". Até ver, nada disso está a ser feito!! Ou mudam a ladaínha ou são corridos de forma limpinha.
... a 29 de Dezembro de 2013 às 14:25
O problema deve ser meu, então.
Devo ter mesmo alguma falha, e bem grave.

Pois com os anos que já levo, parece-me ter sempre visto o mesmo.

Quando uns perdem as eleições, os outros que as ganham metem lá sempre os seus, sobretudo aqueles que têm o cartão do partido que ganhou as eleições.
Pondo a "assar" dos lugares de poder ao mesmo tempo, os que foram para esses lugares na mesmíssima situação; quando o seu partido ganhou as eleições. E correu com os anteriores que lá estavam.

Será que tenho que tenho mesmo algum problema, e devo consultar um oftalmologista ou um psiquiatra?
Jeremias, o mau da fita a 29 de Dezembro de 2013 às 17:36
JEREMIAS---o Pulido pode ter feito um mandato péssimo , mas olhe que teve respeito pelos Quadros da Camara.
Se tivesse o mesmo tipo de comportamento que o JRocha teria corrido com a Senhora da Educação que agora vai ocupar a SUPER DIRECÇÃO. O Pulido manteve essa Senhora durante o seu mandato com o total conhecimento que a mesma é militante do PCP.
anonimo a 29 de Dezembro de 2013 às 18:00
VOU GRITAR PARA VER SE OUVEM. A SENHORA EM CAUSA NÃO É, NEM NUCA FOI, MILITANTE DO PCP.
Falta de ouvido a 29 de Dezembro de 2013 às 19:40
não, é do psd queres ver?
Anónimo a 29 de Dezembro de 2013 às 20:06
A Senhora não é do PCP , é sim da CDU que é uma organização totalmente distinta do PCP.
Deveria ser uma Sósia da Senhora que apoiou entusiasticamente o Rocha.
anonimo a 29 de Dezembro de 2013 às 20:13
É só inteligentes por este blogue! Tomem imodium que é bom para a caganeira! lllooooolllllll
Anónimo a 29 de Dezembro de 2013 às 19:40
a versão rapid do imodium é belissima!
Anónimo a 29 de Dezembro de 2013 às 20:05
E o que aconteceu ao dinamismo da EMAS?
Sr Atento a 29 de Dezembro de 2013 às 19:58
Por acaso já reparou que terminou a campanha eleitoral? Não queria que a EMAS mantivesse a mesma dinâmica eleitoralista que demonstrou no último ano.
Anónimo a 29 de Dezembro de 2013 às 22:10
ahahahahahahahaah, essa vai custar a passar-lhe na garganta....deixe passar mais alguns dias e vai ver o que é dinâmica eleitoralista .....ahahahahahaha
Anónimo a 30 de Dezembro de 2013 às 13:00
Dezembro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
23
26
Passaram por cá
Contador de visitas

Desde 15.01.2011
pesquisar neste blog
 
últ. comentários
O SMP foi iniciativa de um governo provisório, em ...
É fundamental um maior empenhamento das autarquias...
Para quando a inauguração da sua casa-museu?Alguém...
O principal problema de saúde e não só que deve gr...
És muito valente,mas se calhar só a coberto do ano...
Então. Ninguém aqui quer debater os graves problem...
Quanto ao relevante disse... nada.Então vamos lá:1...
Incompetência,incompetência...nada fazer nem nada ...
Para o inefável Adalberto, está tudo no melhor dos...
E quem é agora o administrador da Resialentejo? E ...
É uma tendência que se agravará ainda mais, pois o...
Será bom perguntar ao sr Arquiteto José Falcão e s...
Mais valia substituírem este deputado pelo profess...
O deputado João Dias avançou à Voz da Planície, as...
Já não seria sem tempo. Ufffffff
blogs SAPO